It's New: 7 músicas/clipes que saíram nesta semana e você precisa conferir! (18.10)

Você já conferiu o stream do aguardadíssimo álbum debut da Kiesza e aquela música nova (infinitamente melhor que "Shake It Off"...
Você já conferiu o stream do aguardadíssimo álbum debut da Kiesza e aquela música nova (infinitamente melhor que "Shake It Off") da Swift. Agora, nessa coluna, você vai ver sete coisas que não apareceram no blog durante a semana mas, ainda assim, você não pode deixar passar. Para conferir as edições anteriores do It's New, clique aqui e seja feliz.

1) “Don’t Stop Me Now (Queen Cover)” - Foxes
Se você curte Foxes, Queen, Doctor Who ou Cheek to Cheek, atenção porque você vai amar esse cover. Pra falar a verdade, mesmo que não curta nenhum dos citados anteriormente, você ainda assim vai adorar esse cover. Foi ao ar no último sábado pelo canal BBC, durante um episódio de Doctor Who - uma das mais importantes séries da TV britânica - essa participação digníssima da Foxes em uma versão Jazz do clássico “Don’t Stop Me Now”, do Queen. A cantora, que também é from UK, trabalha atualmente na promoção do seu álbum de estreia, Glorious (2014), cujo single atual é a faixa-título e o clipe nós mostramos aqui. Mas, voltando ao cover, como faz pra parar de ouvir isso, gente?


P.S.: Além do vídeo acima, quem não se importa com spoilers de Doctor Who pode também assistir a versão extendida do cover clicando aqui.

2) “Cuckoo” - Raleigh Ritchie feat Little Simz
Já ouviu falar do Raleigh Ritchie? Trata-se de um inglês de 24 anos, nascido em Bristol, cujo nome real é Jacob Anderson, que não apenas canta como também atua, e caso você seja fã de Game of Thrones pode reconhecê-lo como o intérprete de Grey Worm (ou Verme Cinzento) na série. Fato é que até dar play em “Cuckoo” eu não conhecia o rapaz por nenhuma das suas nomenclaturas (não curto GoT, desculpa), mas ficou difícil não querer saber mais sobre ele depois de escutar essa música. Entre batidas minimalista, viradas inesperadas de bateria e o “cuco” ao fundo, a voz - e a personalidade - de Raleigh se sobressaem, criando uma faixa extremamente original. Os créditos da produção vão para Stefan Ponce, também responsável por maravilhas como “3005”, do Childish Gambino e “Down On My Luck”, do Vic Mensa. Mas se “Cuckoo” não foi o bastante para você, escute o single de estreia do cara lançado no início do ano, “Stronger Than Ever”. A faixa, retirada do EP Black and Blue, chegou ao top 30 no UK, ganhou um cover da Lily Allen, e tem um clipe bem bacana. Vale ficar de olho nesse moço em 2015, ein.



3) "Do It Again" - The Ting Tings
Sucedendo a gostosinha “Wrong Club”, o The Ting Tings lançou nessa semana os visuais para o segundo single do Super Critical, seu terceiro álbum de estúdio. Disco que, por sua vez, é previsto pra sair na próxima semana mas já vazou há tempos na internet e, fazendo uma review rapidinha aqui: tá bem morno. Estaria o duo britânico prestes a repetir o fracasso do último álbum Sounds From Nowheresville (2012)? Vamos acompanhar.



4) “One More” EP - Elliphant
Com cinco músicas, sendo a faixa-título aquele hino alternativo em parceria com a MØ que nós adoramos, e mostramos o clipe aqui, Elliphant lançou nessa semana seu novo EP. Totalmente escrito pela sueca - eleita pela Billboard a “artista emergente do mês” -, a produção conta com nomes como Joel Little (“Royals”, Lorde), Al Shux (“Young and Beautiful”, Lana Del Rey) e o bem conhecido de todo mundo, Dr Luke. A segunda faixa do material, “Purple Light”, como dá pra perceber pela imagem do vídeo abaixo, também faz parte da soundtrack do game FIFA 2015. O EP “One More” completo está disponível para audição no Spotify, só clicar aqui. De nada.


5) “12” - Jessie Ware
Julgando todos que ainda não ouviram (e decoraram) o “Tough Love”, novo álbum da Jessie Ware. Caso você seja uma dessas pessoas, o nosso stream pode resolver o seu problema. E porque música boa nunca é demais, essa semana Jessie liberou no SoundCloud a faixa “Twelve”. Produzida por Robin Hannibal (que também trabalhou no Woman, aquele álbum do Rhye que todos amamos), a música não entrou na tracklist do “Tough Love”, mas também é uma delícia.



6) “Alchemy” - TĀLĀ
Seja apresentado a TĀLĀ, e o cartão de visita da cantora, compositora e produtora, não poderia ser melhor: esse clipe lindo. Dirigido por Kate Moross (“Wildest Moments”, Jessie Ware), o vídeo mostra a britânica de descendência iraniana apenas em curtos takes, deixando grande parte do clipe para belíssimas (e coloridíssimas) imagens do deserto marroquino. Musicalmente, o estilo de TĀLĀ - marcado pelo experimentalismo com produções mais complexas e bem estruturadas - vem sendo comparado ao de outras figuras do pop 'alternativo', como Lykke Li, Ryn Weaver, BANKS e FKA Twigs. Corre ouvir o EP The Duchess no Soundcloud da moça, enquanto aguarda o lançamento, marcado pra dezembro, do próximo EP, de onde foi retirada a faixa-título “Alchemy” - que você vê e ouve abaixo.


7) "Richard Pryor" - CHVRCHES
Ainda colhendo os frutos do seu aclamadíssimo álbum de estreia, o trio escocês de synth-pop mostra que não parou de criar, nem mesmo em tour. Eles apresentaram música nova no último fim de semana, durante o festival americano Austin City Limits. A faixa, sob o título provisório “Richard Pryor”, lembra bastante o que encontramos no “The Bones of What You Believe” (2013), chegando até a dar aquela impressão de que já ouvimos ela antes. Mas nada disso, a faixa não apenas é, de fato, inédita, como tem uma melodia na medida pra grudar na sua cabeça e permanecer lá por um bom tempo. Porém, não adianta nem ficar animado que isso não é sinal de álbum novo a caminho, em entrevista recente eles disseram que o segundo disco ainda pode levar dois anos pra sair. Até escorreu uma lágrima aqui.