Top 5: cinco músicas para você ouvir em fim de relacionamento (ou não)

Todo mundo já passou por algum término de relação. Com amigo, namorado, o que seja, é algo quase inevitável. Quando isso acontece o que ...

Todo mundo já passou por algum término de relação. Com amigo, namorado, o que seja, é algo quase inevitável. Quando isso acontece o que fazemos? Buscamos focar nossa mente em atividades que nos façam esquecer a perda, não é mesmo? Não mesmo. O que mais gostamos nesses momentos é afundar ainda mais com aquelas músicas suicídio que terminam de nos enterrar. Delícia, não é?

E nós do It Pop como veículo comunicacional destinado para o interesse público viemos por meio deste trazer cinco músicas escritas pelos céus para aqueles momentos que o fundo do poço não é o suficiente. Fugindo um pouco das escolhas óbvias, como Adele e Lana Del Rey, as proprietárias na empresa pulsos cortados, trouxemos músicas menos conhecidas e/ou artistas sem grande visibilidade porque quanto mais música da morte a gente conhecer, melhor. Traz o pacote de lencinhos, faz chek-in no lençol freático e olá depressão!


5) Katy Perry, "Choose Your Battles"

A última faixa da versão deluxe do "Prism", último álbum de Katy Perry, é a fatídica "Choose Your Battles". A música fala sobre aquele momento em que sabemos que o outro não está mais tão interessado assim no relacionamento, o velho "você não gosta de mim como eu gosto de você". "Escolha as suas batalhas, querido, porque eu não vou brigar mais. Se você quer ir, então vá. Se você quer ficar, então fique, porque não quero brigar mais", canta a californiana sob um instrumental de partir o coração.



4) Say Lou Lou, "Beloved"

As gêmeas Miranda e Elektra formam o duo de dream pop Say Lou Lou. Nunca vibe melancólica e sofrida, as meninas lançaram "Beloved", uma canção que faria Lana Del Rey sentir inveja da profundidade do poço cavada. "Se eu sou sua amada, então por que eu não me encaixo? Nós deitamos juntos, mas eu me sinto tão sozinha, e eu dei tudo que tinha a você, por que nunca é o suficiente? Para mim não havia ninguém, você foi o primeiro e único, mas agora sou não convidada dentro do seu amor". Como diz Lana em "Born To Die", "às vezes o amor não é suficiente e a estrada fica difícil". Nós também não sabemos o motivo.



3) Broods, "Never Gonna Change"

O relacionamento acabou. Tudo o que você queria era vomitar o que tá entalado para o outro, e, lá no fundo, você sabe que tem culpa pelo o que aconteceu, e esse é o pior veneno de todos, que o duo Broods fez o favor de parafrasear em "Never Gonna Change": "Eu odeio não poder dizer seu nome sem sentir que tenho parte da culpa. Eu odeio que sempre fui muito jovem e que isso me fazia sentir que você era o único. Isso nunca cessará porque isso nunca mudará". Daquelas para ouvir em posição fetal.



2) BANKS, "Before I Ever Met You"

O título da canção de BANKS já diz tudo, "antes de eu te conhecer", só que a britânica conseguiu encaixar um diálogo sincero e arrasador na última potência numa música que deixaremos a letra falar por si só: "Todo mundo sabe que eu estou certa sobre uma coisa: você e eu não damos certo. Você traz a maldade para mim, eu trago as suas inseguranças. Eventualmente, você ficará bem se terminarmos, e eu ficarei bem também um dia. Nós devemos dar um fim nisso agora, antes que alguém se machuque mais do que deve. Sobre nossa casa, me mudarei. As coisas em breve serão como antes de eu te conhecer. Antes de te conhecer eu nunca soube que meu coração poderia amar com tanta força. Antes de te conhecer eu nunca soube que queria ser beijada por tantos dias. Antes de te conhecer eu nunca soube que eu poderia ser quebrada de tantas maneiras".



1) Tove Lo, "Habits"

O single que catapultou Tove Lo para o mainstream, "Habits", segue a cartilha do tema que deu luz (e Grammys) à Adele, só que de uma forma anos-luz mais poderosa e destruidora. "Habits" é o encapsulamento de toda a persona de Tove que universalmente conquista pela letra genialmente mórbida e o instrumental que funde indie e pop com maestria, com um dos melhores refrões dos últimos tempos. "Você se foi e eu tenho que ficar chapada o tempo todo para mantê-lo fora da minha mente. Passo os dias trancada em uma névoa tentando esquecer você, baby, mas eu caio novamente. Tenho que ficar chapada a vida toda pra esquecer o quanto sinto sua falta". Se você sobreviver à essa, parabéns, não há nada no mundo que te derrube.



O It Pop não se responsabiliza por eventuais transtornos causados por esta lista.