Remix Corner #17: Brasil-sil-sil! Só tem DJ brazuca no nosso especial de 7 de setembro!

A gente xinga a política, reclama das porcarias musicais que fazem sucesso por aqui, mas não tem jeito: é bom demais viver nesse país c...

A gente xinga a política, reclama das porcarias musicais que fazem sucesso por aqui, mas não tem jeito: é bom demais viver nesse país chamado Brasil, gente! Igualmente ótima (pelo menos tentamos) é a tal de coluna chamada Remix Corner, colocada toda semana no ar com o intuito de fazer o mundo descer até o chão sem medo de ser feliz. E não podemos mentir pra vocês que esse especial de "Independência do Brasil" (que é amanhã, mas já tá valendo) tá maravilhosamente perfeito!

O esquema é o seguinte: selecionamos 10 remixes feitos por DJ's 100% brazucas. E já avisamos que as definições de destruição foram definidas com sucesso nesta edição verde e amarela. Tem João Brasil, Boss in Drama, Richard L, Positronic!, Leandro Deckmann e outros vários mixando faixas sensacionais desse mundão. Levamos vários tiros aqui na redação, e recomendamos que vocês estejam preparados!

1) Nicki Minaj - Anaconda (Boss in Drama Remix)

Segura a peruca com força, Brasil! Tá pra nascer nesse país alguém que saiba mixar divas internacionais com ritmos da nossa cultura samba/funk/MPB. Boss in Drama, nome de guerra de Péricles Martins, é uma das maiores referências da música eletrônica no Brasil. E não é pra menos! Uma prova de todo o talento do cara é provado nesse remix de tremer a tabaca para "Anaconda". É tiro, porrada e bomba!


2) Beyoncé - End Of Time (Positronic! Remix)

Não somos obrigados a aguentar um remix tão maravilhoso como esse, tá?! Chama mãe, tia, vó e cachorro pra sambar ao som de "End Of Time" em uma roupagem toda tupiniquim feita pelo Positronic, projeto de música eletrônica brasileira levado (graças) ao nossos ouvidos pelo paulista Fábio Cardoso (que sempre traz algo incrível no nosso parceiro QDNG). Até Beyoncé deve tá Britney muda com tanto amor empregado nesse remix. Só podemos pedir socorro!


3) Madonna - Celebration (FELGUK Remix)

O duo FELGUK é, sem dúvidas, um dos projetos brasileiros mais bem sucedidos internacionalmente. Formado por Felipe Lozinsky e Gustavo Rozenthal, o duo tomou notoriedade com o single próprio "Exceeder", que alcançou o #2 dos hits mais ouvidos na Beatport, loja especializada em electromusic. Logo após o estrondoso sucesso, foram convidados a recriarem sucessos de diversos artistas como Black Eyed Peas, Flo Rida e a rainha Madonna. Aliás, a mixagem de "Celebration" é uma ode à boa batida. Mais um daqueles incríveis!


4) Britney Spears - Tik Tik Boom (Richard L Remix)

E se alguém resolvesse fazer um remix trap pra "Tik Tik Boom"? Pois é, foi isso que o maravilhoso Richard L, produtor carioca das mixagens divônicas, tratou de fazer pra nossa imensa felicidade. O cara cuidou de revitalizar à quinta potência o single outrora disperdiçado por Britney Spears para fazer da faixa um pop/trap fudelância total. Surra de bunda das boas e sem censura!


5) Major Lazer - Bubble Butt (Dorly Remix)

Uma edição especial dessas não poderia de contar com o Deus supremo Diplo, certo?! God (que inclusive ama o Brasil) já pode amar a roupagem dada pelo incrível DJ carioca Dorly Neto para seu hit "Buttle Butt". O negócio ficou ainda melhor com essas batidas meio 'batuque tupiniquim' misturadas aos synths originais da faixa. Só podemos dançar neste momento e nada mais!


6) Ke$ha - Die Young (Leandro Deckmann Remix)

Êta terrinha abençoada! Definitivamente um dos melhores remixes dessa lista ficou por conta da mixagem maravilhosa feita pelo Leandro Deckmann. Com toda a história dessa coluna e o tanto que já acompanhava os remixes antes mesmo dela, nenhum remix de "Die Young" da Ke$ha supera esse do DJ brasileiro. E gente, o menino só tem 18 anos! Estamos morrendo lentamente com essas batidas, escuta só.


7) Rihanna & Mikky Ekko - Stay (André Caldas Remix)

Dá pra imaginar aquela calmaria de "Stay" da Rihanna se transformando numa banger poderosíssima? Não só dá pra imaginar, como o responsável por essa fudelância toda é brasileiro e se chama André Caldas. O resultado é tão surpreendente que desde a primeira ouvida não conseguimos sair do repeat, por isso, recomendamos que vocês se acabem no remix pra arrasar na balada!


8) Ellie Goulding - Lights (DJ Ober Remix)

Não sabemos o que falar, só sentir! Ellie Goulding, conhecida por nós como proprietária do UK, lançou em 2010 o que, até hoje, pode ser considerado o maior sucesso da sua recente carreira. E daí também surgiu um dos mais inesperados remixes do Corner, assinado pelo baiano Ober. Entre pesados toques e a voz doce de Ellie, o cara conseguiu fazer de "Lights" uma maravilhosa eletrônica que te faz balançar de um lado pro outro durante os quase quatro minutos de faixa. Sensacional!


9) Iggy Azalea & Charli XCX - Fancy (João Brasil Remix)

Um pagode, alguns espíritos baixando, e um smash hit: essa é a fórmula do sucesso de João Brasil e seu remix para "Fancy" de Iggy Azalea e Charli XCX. O carioca de 32 anos se formou em música nos Estados Unidos e voltou ao Brasil pra ganhar notoriedade dos seus remixes e mashups produzidos de forma única. João, assim como outros que já passaram por este post, ama misturar ritmos, e isso é simplesmente fantástico. Duvida? Escute o remix de "Fancy" pra acreditar.


10) M.I.A. - Bad Girls (Jaloo Remix)

E os brasileiros continuam fodendo essa kuceta com força! Aproveitando a onda de estrondoso sucesso do tecnobrega no Brasil, o jovem paraense Jaloo tratou de arrombar o orifício das inimigas com um remix totalmente perfeito de "Bad Girls" da M.I.A. O que era bom, conseguiu ficar melhor. E por isso, estamos tratando de derrubar todos os forninhos neste momento! Espetáculo.


Podem amar nossa seleção cremosíssima sem culpa! Caso realmente gostaram, deixa seu oi pra gente saber se a coluna tá agradando ou se tá uma porcaria, afinal, ninguém merece ver um post que não tá curtindo, certo?! Semana que vem voltamos com a décima oitava (So-cor-ro!) edição do Corner e mais remixes de lacrarem a boate toda. No mais, XO!