Video Review (Especial VMA): Beyoncé, 'Drunk in Love (feat. JAY Z)'

Ao longo de três décadas de VMA, os vencedores do principal prêmio da noite, o Video of the Year, foram desde The Cars (batendo o eternam...
drunk+in+love.png (675×400)
Ao longo de três décadas de VMA, os vencedores do principal prêmio da noite, o Video of the Year, foram desde The Cars (batendo o eternamente icônico Thriller em 1984) até Justin Timberlake, que levou a honraria ano passado. Dentre os indicados deste ano, Beyoncé é a única que já venceu a categoria (assim como a única que já venceu qualquer VMA), lá em 2009, com "Single Ladies". Será que Queen B tem chance de repetir o feito em 2014?



"Drunk in Love" foi o primeiro single do 5º álbum de Beyoncé, lançado de surpresa no fim do ano passado. Assim como em todas as outras faixas do disco, o clipe já estava disponibilizado para quem baixou o CD no iTunes. A faixa se tornou o primeiro hit de Beyoncé no top 10 da Billboard desde a era "Sasha Fierce", atingindo a 2ª posição no início desse ano. Além da explosiva performance na abertura do Grammy, o clipe da canção também foi um dos responsáveis pelo seu sucesso, já acumulando mais de 100 milhões de views no Youtube.


Mais uma vez ao lado do marido depois de sucessos como "Crazy in Love" e "Upgrade U", Beyoncé decide, agora, apostar na simplicidade. Assim como o clipe que lhe rendeu a vitória em 2009, "Drunk in Love" traz a cantora em preto e branco. A coreografia elaborada e meticulosa de "Single Ladies", contudo, abre espaço para uma dança descompromissada e divertida, mas não menos marcante.


A proposta de "Drunk in Love" é a mais simples possível. O diretor Hype Williams registra o casal mais aclamado do mundo pop em cenas espontâneas, explorando ao máximo a química entre os dois. Filmado em uma praia de Los Angeles, o clipe traz Beyoncé em sua melhor forma. A musa abre mão dos apliques e figurinos elaborados, e aparece de cabelo curto, molhada, coberta de areia, sensualizando na terra e no mar.


O vídeo viralizou em pouco tempo com alguns passos de dança como o "Surfboard" que virou moda nas redes sociais. O Youtube logo se encheu de paródias e pessoas de todas as idades tentando imitar as peripécias de Beyoncé. A polêmica na letra da música, no trecho em que Jay-Z faz referência ao passado de Tina Turner ao lado de seu marido abusivo, chamou ainda mais atenção para a canção.


Beyoncé, sem dúvidas, tem grandes chances de levar o Moonman de Vídeo do Ano para casa. Apostar numa fórmula parecida com "Single Ladies" e ter todo o buzz do recebimento do Michael Jackson Vanguard Award em sua homenagem podem colocá-la em vantagem na corrida pelo prêmio. Contudo, o destino ainda é incerto quando a categoria inclui o sucesso destruidor de "Wrecking Ball" e o maior hit do ano, "Happy", entre os indicados.


Vencendo ou não, Beyoncé já deixou sua marca. Menos sempre pode ser mais. Dançar bêbado na praia nunca pareceu tão empolgante e divertido.