Sam Smith tá vendendo que nem água nos EUA e "Stay With Me" ganha covers de Florence + the Machine e Ed Sheeran!

O cantor britânico Sam Smith está fazendo valer a aposta que a BBC (e a gente) fez no moço lá no começo do ano e depois de vender que ne...

O cantor britânico Sam Smith está fazendo valer a aposta que a BBC (e a gente) fez no moço lá no começo do ano e depois de vender que nem água em sua Terra Natal, se prepara para repetir o êxito do seu disco de estreia, "In The Lonely Hour", nos EUA, visto que o álbum foi lançado na semana passada e deve estrear no segundo lugar da Billboard Hot 200, vendendo cerca de 150 mil cópias e perdendo apenas para o "UItraviolence" da Lana Del Rey.

Como de costume, a edição americana do primeiro álbum de Sam conta com alguns mimos para o público estadunidense e, QUE MIMOS!, afinal, estamos falando da faixa-título do CD, ainda inédita, e uma versão acústica de "Nirvana", presente em seu EP de mesmo nome. Se isso fosse pouco, Smith também traz na versão deluxe do material a canção "Reminds Me of You", produzida por ninguém menos que o Joel Little (SIM, o homem por trás do EP e disco de estreia da Lorde!), OU SEJA. Ouça a música abaixo:



Mas não termina aí, pois assim como o "In The Lonely Hour" segue vendendo de forma impressionante para um artista em ascensão, Sam Smith já tem um novo hit pra chamar de seu. "Stay With Me" parece seguir os passos dos seus primeiros singles e, enquanto se destaca nas rádios e, consequentemente, paradas, tem chamado a atenção de muita gente famosa. Neste mês, a música ganhou versões nos vocais ruivos de Florence Welch, da banda Florence + The Machine (que já está trabalhando em CD novo, finalmente!) e do cantor britânico Ed Sheeran, que atualmente promove seu segundo e recém-lançado álbum, "x". Só pra variar, ambas versões ficaram sensacionais. Confira:



Tragam um desfibrilador, por favor!

Por fim, a gente também pode conferir a música ao vivo com o próprio cantor:



ALIÁS, "Stay With Me" também ganhou uma versão especial com a Mary J. Blige, já ouviu? Tem clipe lindo pra acompanhar:


Que canção. (E que disco. Logo mais tem resenha aqui no blog!)