Ao som de "Talk Dirty", Jason Derulo faz sua primeira performance no palco da Ellen DeGeneres!

Não tá fácil pra ninguém. No ano passado, os EUA finalmente deu espaço pra que Robin Thicke compensasse seus 10 anos de carreira com qui...

Não tá fácil pra ninguém. No ano passado, os EUA finalmente deu espaço pra que Robin Thicke compensasse seus 10 anos de carreira com quinze minutos de fama, por meio do smash hit "Blurred Lines", e mais tarde também vimos o R. Kelly, que depois de "Do What U Want" com a Lady Gaga, sentiu o gosto da fama voltar, mas logo foi chutado de volta para o buraco de onde havia saído, devido às acusações de pedofilia que recebeu há alguns anos, e agora a mesma novela (no caso, do Robin) se repete com o britânico Jason Derulo, que extraiu do seu último e ótimo álbum, "Tattoos" (review), um grande sucesso na Terra do Obama, sendo esse o hino trap "Talk Dirty", com participação do rapper 2 Chainz.

Como o público americano gosta de um mimo, tem se tornado cada vez mais corriqueiro ver artistas lançando versões americanas para seus discos e, no caso de Derulo, ele não só preparou uma edição do "Tattoos" para os estadunidenses, como também deu à ela o nome do seu grande sucesso. "Talk Dirty", o disco (stream), foi revelado há alguns dias, contando com a colaboração de nomes como o rapper Snoop Dogg (ele voltou a ser Dogg, gente!), e agora tem sua divulgação iniciada por meio da primeira performance do cantor no palco da Ellen DeGeneres, cantando, veja só, "Talk Dirty".

Quem conhece as performances de Jason Derulo, deve saber que o cara manda super bem, conseguindo conciliar bem suas danças e vocais (já viram ele cantando "In My Head"?), mas dá pra dizer que justamente nesta performance, onde ele deveria ter dado o máximo de si, terminamos apenas com uma grande bagunça em palco. Para dar mais emoção ao show, "Talk Dirty" ganhou um break extra, dando também margem para mais coreografia, mas na dúvida entre dançar bastante ou mostrar que, ainda que fosse um hit urban, ele tinha voz pra cantar coisas mais lentas, Derulo terminou fazendo uma apresentação desesperadoramente bagunçada, perdendo o ritmo de alguns versos, cantando aonde deveria tocar apenas a base, meio ofegante... Enfim, não foi desta vez, Jason. Confira:


Ainda que essa indústria seja bem injusta com nomes masculinos, com exceção do Justin Timberlake, Derulo, assim como o Robin Thicke, possui sim boas coisas pra ficarmos de olho. Só o R. Kelly que pode ser esquecido mesmo. Hahahah.

Com o lançamento do seu novo álbum americano, "Talk Dirty", Jason Derulo confirmou também a colaboração com o Snoop em "Wiggle" como seu próximo single. Ouça a música abaixo: