Novo single da Ariana Grande será lançado no próximo mês, e é um dueto com alguém "inesperado"!

Sensação no ano passado em virtude do seu grande potencial vocal, Ariana Grande encantou a todos nós com o "Yours Truly" , seu...

Sensação no ano passado em virtude do seu grande potencial vocal, Ariana Grande encantou a todos nós com o "Yours Truly", seu difícil álbum de estreia, resgatando o frescor da sonoridade pop teen dos anos 90 e nos brindando com um banho de talento. Agora, já tendo revelado que seu próximo álbum sairá ainda este ano e contará com Benny Blanco e Ryan Tedder na produção, podemos estar mais perto dele do que imaginamos, afinal, já teremos um novo single no próximo mês e ele (aparentemente) terá a participação do, agora polêmico, Chris Brown. Ainda não entendeu? A gente explica.

No sábado, através do Twitter, uma fã questionou a cantora, a respeito de qual era a música que ela mais ouvia atualmente. Daí, Ariana, meio que enigmática, disse que era uma canção que ainda não foi lançada, mas que seria no próximo mês.


Porém, minutos antes, Scooter Braun, empresário da cantora, havia mencionado-a num tweet, dizendo que ela havia tido uma incrível sessão de gravação. E que não via a hora de um incrível dueto surgir.


Ainda no final de semana, Chris Brown, do nada, tuitou um trecho de uma música. Logo na sequência, Ariana Grande retuitou a postagem do Marrom e digitou em seu perfil um outro trecho, que parece ser a continuação da letra. Ou seja, "onde há fumaça, há fogo". Confiram:


Embora ainda não confirmado oficialmente (precisa mesmo?), confessamos uma certa surpresa em relação a esse dueto, muito embora o Chris Brown mande bem em parcerias musicais com o sexo oposto (lembram de "No Air"?!). Ainda não há informação da data oficial de lançamento do single, muito menos seu título. Mas e aí, gente? Surpresos também? Animados pra essa parceria? Lembrando que no "Yours Truly", Ariana Grande dividiu os vocais com Mac Miller no hit "The Way", Big Sean em "Right There" e com Nathan Sykes, na elogiada "Almost is Never Enough".