Chlöe Howl tá pronta para o xeque-mate no novo clipe de "Rumours"!

O tempo tá passando e nos sentimos cada vez mais perto de um disco de estreia pra Chlöe Howl, aquela menina britânica que conhecemos no ...

O tempo tá passando e nos sentimos cada vez mais perto de um disco de estreia pra Chlöe Howl, aquela menina britânica que conhecemos no começo do ano com o videoclipe de "Rumours". Quando se lançou, ainda em março de 2013, Howl já prometia ser um nome e tanto pelos meses seguintes, mas acabou um tanto ofuscada, assim como boa parte dos artistas desse ano, por nomes como a mainstream Miley Cyrus ou a alternê Lorde, mas não há nada como um bom marketing de fim-de-ano pra garantir um primeiro semestre repleto de hype, né? É por isso que agora, nas últimas do segundo tempo, a menina aproveitou o buzz do seu último single, "Paper Heart", e sua b-side, a ótima "To My Face", pra retrabalhar seu single de estreia. Sim, retrabalhar, porque ele ganhou um novo clipe!

Agora com bem mais informações que seu antecessor, o novo clipe de "Rumours" traça melhor a personalidade de Chlöe, com uma história em que a menina surpreende cada um dos seus adversários numa competição de xadrez, mostrando muita destreza enquanto se diverte com todos seus movimentos no tabuleiro. A produção em si é de encher os olhos, dando inclusive um novo tom para a canção, enquanto acompanhamos toda a trajetória da cantora ao topo em meio a impecáveis fotografia e iluminação. Confiram:


2014 já pode ser dela, não é mesmo? Trazer de volta "Rumours" é uma prova de que a gravadora também esperava um maior retorno do single e a gente torce pra que desta vez ele aconteça, afinal, potencial pra isso tem. Aliás, desde sua estreia, Chlöe não lançou nenhuma música que não cumprisse com sua proposta inicial, superando nossas expectativas na maioria das vezes. Pra quem perdeu, além dessa, ela tem um EP de mesmo nome com as canções "I Wish I Could Tell You" e "No Strings", essa última foi, inclusive, título para o single que nos apresentou a até então inédita "How Proud", seguida das já citadas "Paper Heart" e "To My Face". Corram que ainda dá tempo de amar antes do mainstream e dizer que curtiam antes de estar na moda, rs.