Miley Cyrus faz graça quando necessário, mas é séria nas ótimas performances de seus hits no Saturday Night Live!

Na semana de lançamento de seu "Bangerz" (com review no blog ainda essa semana), marcado para essa terça-feira (08) nos EUA, ...

Na semana de lançamento de seu "Bangerz" (com review no blog ainda essa semana), marcado para essa terça-feira (08) nos EUA, Miley Cyrus, que recentemente se envolveu numa polêmica (besta, diga-se de passagem) com aquela que havia servido de inspiração para o clipe de "Wrecking Ball", a irlandesa Sinéad O'Connor, e como já demos nossas impressões aqui e aqui, não iremos nos prolongar mais no assunto, segue na boca do povo.

Para ironizar suas polêmicas e divulgar sua música, ela esteve ontem como atração principal do Saturday Night Live, onde entre esquetes sobre a polêmica no VMA, ~participação~ no filme "50 Tons de Cinza", política e afirmar mais uma vez que Hannah Montana foi ~assassinada~ e que o povo de casa não precisaria ter medo, porque não haveria twerk naquela noite, ela performou seus dois smash hits. "Wrecking Ball" ganhou uma performance enérgica, muito boa vocalmente e sem lambeção de marreta ou nudez artística. Já "We Can't Stop", ganhou uma bela e contida interpretação acústica, mostrando que quando quer, Miley não é apenas uma celebridade, mas uma ótima cantora e o quão talentosa artisticamente é. Confiram alguns desses momentos abaixo: