Mirou no Justin Bieber, mas acertou na Rebecca Black: conheçam Felipe Nardoni e o clipe de "Amor Virtual"!

Com nomes como Fire Department Club, Clarice Falcão, Jullie, Anitta e derivados, estávamos certos de que essa ~nova geração~ de música p...

Com nomes como Fire Department Club, Clarice Falcão, Jullie, Anitta e derivados, estávamos certos de que essa ~nova geração~ de música pop nacional estava salva, mas eis que alguma gravadora resolveu investir (outra vez) numa versão tupiniquim do Justin Bieber e o resultado é o clipe de "Amor Virtual", o single de estreia do menino Felipe Nardoni.

A gente é preconceituoso com artistas nacionais? Já assistimos sabendo que vamos criticar? Se fosse em inglês, seria melhor? Não, não e não. Tanto que temos uma seção aqui no blog só para os nossos conterrâneos e com várias coisas bem bacanas, mas acreditamos falar por todos quando dizemos que esse single e clipe de Felipe é um erro completo, ficando mais tosqueira que "Friday" da Rebecca Black, mais clichê que "Made In The USA" da Demi e mais vergonha alheia que "Garota Radical" da banda Cine.

Mas por que é tão ruim? Bom, podemos citar a atuação (ou falta dela, dependendo do ponto de vista rs), o visual forçadamente americanizado (vide a festa com os copos vermelhos ou a capa do notebook do garoto), a jaqueta com nome dele atrás (Jus10 Bieber aprova, Yudi também) e, obviamente, a música.

Olhem só:



Amigo, tem um auto-tune no seus ruídos anasalados. De qualquer forma, vamos ser democráticos e deixar que vocês opinem: garotas lindas, ele pode amar vocês?