It Pop apresenta: Nikki Williams, uma das grandes apostas para 2013, e seu "Kill, Fuck, Marry"!

No fim de 2011, uma cantora nova-iorquina com o nome de Lana Del Rey havia chamado a atenção de muita gente na internet. A moça, com cara...

No fim de 2011, uma cantora nova-iorquina com o nome de Lana Del Rey havia chamado a atenção de muita gente na internet. A moça, com características bem diferentes do que o mercado vinha apresentado, conquistou cada vez mais fãs, até estourar de vez com o lançamento do álbum "Born to Die" ainda no começo de 2012, garantindo uma carreira estável pelo resto do ano. Fenômenos como Lana Del Rey, Gotye ou Fun. não são dos mais comuns no cenário pop, mas parece que tem gente esperando que esse efeito se repita e por isso já tem muitos ligados à cada novidade que surge nesse finalzinho de 2012, só pra garantir que estará por dentro quando a nova Lana Del Rey ou o novo Gotye brilhar no ano que está pra chegar.

Nessa lista de possíveis nomes que escutaremos até cansar em 2013 temos artistas muito, mas muito bons, e um desses nomes é Nikki Williams. Essa linda, de apenas 23 aninhos, nasceu na África do Sul mas viveu da adolescência à vida adulta em Nashville, onde assinou seu primeiro contrato como cantora. Breyon Prescott, dono da gravadora independente Chamaleon, foi o primeiro a notar que Nikki tinha talento pra coisa e acreditem, a primeira vez que ele a escutou cantar foi no banheiro (não perca a esperança, querido leitor).


Após contratada, Nikki iniciou algumas gravações com a tal gravadora, mas só viu o sol nascer quando Breyon fechou uma promi$$ora parceria com a Island Def Jam (gravadora com nomes como Rihanna, Jay-Z, Jus10 Bieber, Frank Ocean e Duffy em seu catálogo) e a levou junto com ele. Assinando com a Def Jam, Nikki começou as gravações do que se tornará seu álbum de estreia e, sem perder tempo pra trabalhar em sua imagem, estreou nas rádios e internet com "Kill, Fuck, Marry", clipe/single que você já deve ter visto por aí, mas que pode reassistir abaixo: 


Muito bom, sabemos. "Kill, Fuck, Marry" teve seu clipe lançado no comecinho de novembro e a faixa conta com a composição de ninguém menos que Sia, mesma compositora de "Diamonds" da Rihanna e "Let Me Love You (Until You Learn To Love Yourself)" do Ne-Yo, sendo ainda uma produção do Stargate. Mas calma, acreditamos que, entre os sete bilhões de habitantes do planeta Terra, uma ou duas pessoas não deverão achar o single de estreia da Nikki tão incrível assim e por isso também guardamos outra surpresinha para o post e essa é a faixa "Glowing", uma dançante que deverá integrar o material de estreia da cantora. Nesta, é possível notar a forma com que Williams consegue tornar seus vocais ~flexíveis~ e temos até um quê de Kelly Clarkson, só que mais direcionada para às pistas. Ouça:


Incrivelmente boa, temos absoluta certeza. Em alguns momentos também lembra Demi Lovato, mas a proposta aqui é bem mais madura que qualquer coisa que a contratada do X-Factor tenha lançado no "Unbroken" e, sendo assim, podemos esperar por números mais atrativos vindos de seus próximos lançamentos. 


Pra ser sincero, não gosto da ideia de ficar esperando por novas isso ou aquilo (vide essas batalhinhas bobas para o trono do pop e bla bla bla), mas garanto que é bom anotarem o nome de Nikki Williams e colarem na porta da geladeira pois, se ela não se tornar algo tão grande quanto a Del Rey em 2013, será algo bem próximo, ao menos é o que esperamos.

Persigam a cantora por todas as internets do mundo:
http://facebook.com/nikkiwilliams
http://twitter.com/nikkiwilliams
http://iamnikkiwilliams.com