EMI Music quer matar o RBD: o caixão fica por nossa conta!

Socorro, porque estou sem ar! Há quase seis anos atrás, os mexicanos da novela "Rebelde" faziam sucesso no Brasil e em várias par...
Socorro, porque estou sem ar! Há quase seis anos atrás, os mexicanos da novela "Rebelde" faziam sucesso no Brasil e em várias partes do mundo com o sexteto RBD, que veio a acabar em 2009, porém, o grupo ainda possui uma verdadeira legião de fãs e esses, estão completamente revoltados com a gravadora EMI Music, que começou a deletar diversos videos do grupo na internet, sem uma explicação ou aviso prévio aos fãs. Os fãs, que vêem isso como uma forma de promover a versão brasileira da novela e "matar" a verdadeira inspiração da produção da Rede Record, já estão xingando muito no Twitter e além disso, estão promovendo uma campanha sinistra (banner tosco aqui), onde diversos "caixões" deverão ser enviados para o escrítório da gravadora em São Paulo. Viu como eles são rebeldes?!


Atualmente, a Rede Record exibe a versão tupiniquim para o sucesso mexicano, porém, grande parte dos fãs da versão original não aceitam a produção brasileira e, seguem se mostrando fiéis à Dulce Maria, Christian Chávez, Anahí, Christopher Uckermann, Maitê Perroni e Alfonso Herrera - elenco da versão mexicana. A campanha "EMI Music Quer Matar O RBD: O Caixão Fica Por Nossa Conta" já começou aqui em São Paulo e Camilla Uckers, que é uma webcelebridade (tradução: daquelas que amam pagar mico no Youtube) e fã assumida dos Rebeldes (vide "seu" sobrenome, que é uma homenagem ao Christopher Uckermann), chegou a preparar um video, explicando sobre a campanha. Será que depois do video você topa aderir? E a EMI Music, vai dar uma explicação para essa p*ta falta de sacanagem?! Confira abaixo o video da Camilla, que é a representante dos Little Monsters do RBD: