OMG: Editora de revista é demitida após chamar Rihanna de "vadia criola"

É minha gente, depois ainda reclamam do It Pop opinando demais nos posts... na Holanda, a editora Eva Hoeke, que trabalhava para a revista P...
É minha gente, depois ainda reclamam do It Pop opinando demais nos posts... na Holanda, a editora Eva Hoeke, que trabalhava para a revista Parlour há oito anos, foi demitida após causar polêmica chamando Rihanna de "vadia criola", se liga no que a jornalista disse:
"Ela tem credibilidade, uma bunda do gueto e uma garganta dourada. Rihanna, a garota que se tornou má, é uma criola vadia e se isso significa ficar seminua no palco, então que assim seja"
Quando RiRi ficou sabendo da publicação de Eva, se pronunciou pela internet:
"Eu espero que você saiba ler em inglês, mas sua revista é uma pobre representação da evolução dos direitos humanos. Te achei desrespeitosa e um pouco desesperada! Você fugiu do legítimo e civilizado direito de escrever! Há milhares de garotas holandesas que adorariam ser reconhecidas pelas contribuições ao seu país e que você poderia ter dado espaço. Ao invés disso, resolveu imprimir algo degradante sobre uma raça inteira. Esta é a sua contribuição ao mundo! Incentivou a segregação e enganou futuros líderes a agirem no passado! Você coloca duas palavras juntas, com a intenção de humilhação, isso não faz sentido. 'CRIOLA VADIA'?!…. Bem com todo o respeito, em nome da minha raça, aqui estão as minhas duas palavras para você: F*CK YOU!"
As duas últimas palavras de RiRi dispensam traduções, né?! Enfim, Eva ainda fez um pedido de desculpas público, dizendo que não agiu com racismo, mas o fim da história eu já contei no título do post.