A CCXP 2017 nos proporcionou uma das experiências mais fodas do ano

Filas, brindes, conteúdos especiais, ativações incríveis e convidados fodas. Isto é CCXP!

Imagem cedida pela CCXP. Foto por Daniel Deák - Galpão de Imagens.

Há exatos 7 dias, estávamos nos despedindo de uma das experiências mais legais que tivemos neste ano. A nossa jornada começou na quarta-feira, por volta das cinco da tarde, com uma coletiva para a imprensa apresentando as novidades e objetivos da feira neste ano. Logo mais, o principal desse curtíssimo primeiro dia: a Spoiler Night, inspiradíssima na Preview Night da San Diego Comic-Con, feira que serve de inspiração para a CCXP desde 2014.


Não demora muito para gente perceber o quão oportuno é essa dia, mas só percebemos sua real importância nos dias seguintes (risos). Aqueles que adquiriam os ingressos Full e Epic Experience puderam desfrutar de bastante coisa sem enfrentar aquelas filas que podem chegar a demoradas 4hs, só para poder tirar uma foto no Trono de Ferro de "Game of Thrones", por exemplo. Um brinde ali e outro aqui, "olha a foto", e quando tomamos conta, já está na hora de ir embora. Porém, uma certeza: a edição deste ano seria incrível. E foi.

Chega quinta-feira e com ela a gratidão pelo Spoiler Night. Não demora para formar filas enormes após a abertura dos portões, e ainda bem que esta realidade não é presente na fila para o auditório principal, o Thunder, onde acontece de tudo. Nesse primeiro dia, por exemplo, rolou orquestra tocando a música tema de "Jurassic Park", provocando arrepio na alma, sem contar a exibição em primeira mão do primeiro trailer de "Jurassic World: Reino Ameaçado". Ao fim do dia, a sensação de que não poderia ficar mais legal o evento era grande.


Felizmente, a sexta-feira matou com bondade nossa suposição. Já no primeiro painel do Thunder, a emoção tomou conta do auditório com Fernanda Montenegro falando um pouco sobre sua carreira. Também tivemos Bruna Marquezine e Marina Ruy Barbosa ao som do funk proporcionado por Tatá Werneck que levou todo mundo ao delírio. Claro, o grande destaque acabou ficando pelo painel da Fox, trazendo 11 minutos de "Maze Runner: A Cura Mortal". Ainda não sabemos se é o hype, mas que troço bom, viu?

Imagem cedida pela CCXP. Foto por Daniel Deák - Galpão de Imagens.

Já no terceiro dia, só conseguimos entrar no Auditório Thunder para o painel de "The Walking Dead" com Danai Gurira, com seus discursos lindíssimos de feminismo e elogios a "Stranger Things". Doninha ♥. Depois, Nick Jonas esbanjou simpatia no painel da Sony que trouxe uma caralhada de conteúdo legal, como o vídeo com o elenco de "Jumanji: Bem-vindo à Selva" exclusivo para a CCXP. Ah!, não podemos esquecer do susto que foi conversar com Tom Hardy diretamente do set de "Venom".

Agora uma pausa nos painéis que acabou se estendendo até o último dia. Fomos parar lá no estande da Warner para ter um gostinho das ativações. Fotinha bem Aquaman, com arma, barba e cabelão e foto ao lado do icônico carro de "Supernatural"; e por fim, deu pra ser o próprio Barry Allen numa gincaninha que exigia agilidade.

Depois fomos ao estande da HBO para ver o que o canal tinha preparado ao público. Logo no começo, vários cenários que remetem às séries presentes no HBO Go, o serviço de streaming do canal, e deu pra tirar muita foto conceitual, hahahaha. O famigerado Trono de Ferro estava lá também, mas a novidade foi o trono da moça dos dragões. Para "Westworld", a experiência foi bem mais imersiva, com uma viagem para o parque, e a sensação de realmente estar na série foi constante.

Uma publicação compartilhada por It Pop! (@instadoit) em

No dia seguinte, voltamos ao estande da Warner para outras ativações que acabamos não conseguindo experimentar no dia anterior: "Supergirl" e "Tomb Raider: A Origem". Para a prima do Superman, fomos suspensos no ar através de cabos e viramos a própria kriptoniana, com direito a capa vermelha. Já para "Tomb Raider", encarnamos a pele de Lara Croft e escalamos um paredão em 30s para ganhar um mimo e, não vamos mentir, o desespero bateu quando o tempo começou a acabar.

Como não pegamos nenhum painel no domingo, o ponto alto do nosso dia foi quando vimos uma multidão indo atrás de um homem mascarado. A primeira suposição é ser um cosplayer mega famoso, mas ouvimos dizer ser Will Smith. Eita! O cara atravessou o pavilhão mascarado para ir até o estande da Netflix para fazer um barulho lá no espaço de "Bright", seu novo filme com o serviço. Smith levou todo mundo a loucura com sua rápida aparição. O ator também já havia ido ao terraço do Omelete, assim como os outros convidados.

Imagem cedida pela CCXP. Foto por Daniel Deák - Galpão de Imagens.

Isso tudo foi só um pouquinho do que vivenciamos nos quatro dias e meio da CCXP 2017, e rolou bastante coisa que não conseguimos pegar, como a Alicia Vikander tirando foto com vários cosplays de Lara Croft. Filas, brindes, conteúdos especiais, ativações incríveis e convidados fodas. Isto é CCXP! Foi épico, e quem sabe no próximo ano estaremos lá de novo, né?

A CCXP 2017 nos proporcionou uma das experiências mais fodas do ano A CCXP 2017 nos proporcionou uma das experiências mais fodas do ano Reviewed by José Lucas Salvani on 12/17/2017 03:19:00 PM Rating: 5