O primeiro trailer de "Vingadores: Guerra Infinita" é fudido de incrível

Se este filme não for épico, nós não sabemos o que poderá ser.

Há quase 10 anos, a Marvel, sem o direito de grande parte de seus personagens dos quadrinhos, resolveu apostar em personagens B no cinema. A ousadia fez com que a quadrinista virasse um estúdio e desse gás para um universo compartilhado aclamado e sonhado por estúdios que ainda tentam criar um universo para chamar de seu. Dá vontade, né?

Devido a ligação entre os filmes, a Marvel sempre preparou eventos que motivassem a união dos principais personagens em um único filme, surgindo assim "Os Vingadores", "Vingadores: Era de Ultron" e "Capitão América: Guerra Civil". Seja as produções solo ou os filmes em grupo, todos eles nos levam até "Guerra Infinita", produção que culmina a chegada da grande ameaça prometida há tempos — Thanos (Josh Brolin) —, chegando aos cinemas em abril do próximo ano.

Por motivos desconhecidos, o primeiro trailer de "Guerra Infinita" tinha sido guardado à sete chaves e não foi liberado nem mesmo com o vazamento em péssima qualidade do vídeo exibido na San Diego Comic-Con. Após alguns screenshots da prévia surgirem na rede mundial de computadores e Tom Holland revelar o primeiro poster do filme sem querer — finge, gente —, eis que surge hoje o primeiríssimo trailer da produção e caramba!

O vídeo tá foda, trazendo quase tudo que queríamos ver neste primeiro gostinho de "Guerra Infinita". Infelizmente, não temos Thanos puxando um meteoro/lua/seja lá o que for do espaço e jogando em cima do Tony Stark (Robert Downey Jr), porém temos um tom fudido de guerra — sente o cheiro, "Guerra Civil" — que deixou tudo mais incrível. E para os fãs do Aranha (Tom Holland"), tem o amigo da vizinhança com uniforme novo, previamente mostrado em "De Volta Ao Lar".

Se não viu "Thor: Ragnarok", recomendamos não ver o vídeo porque tem um spoilerzão do filme.



"Vingadores: Guerra Infinita" chega aos cinemas em 26 de abril, juntando uma caralhada de gente para derrotar apenas um vilão. Se isto não for épico, nós não sabemos o que poderá ser.