Fizeram Donald Trump cantar “Havana” e Camila Cabello respondeu da melhor forma possível

Nenhuma cantora pop tá a fim de ter seu nome associado ao Donald Trump.

“Havana, querida, eu sinto muito”. Foi isso o que a Camila Cabello disse em resposta a uma montagem do Donald Trump cantando o seu hit em carreira solo, “Havana”.

O vídeo, daqueles em que reúnem vários vídeos diferentes do presidente, formando versos de músicas, chegou até a cantora pelo Twitter e, da melhor forma possível, Cabello mostrou a sua insatisfação com a brincadeira.


O melhor é que o deboche de Camila, apesar de curto, tem toooodo um contexto, porque a fala foi inspirada na Tiffany de “Flavor of Love”, que disse algo bem parecido no primeiro episódio da 3ª temporada, quando outra participante disse que seus amigos viviam a comparando com a Beyoncé.

Se você nunca viu esse momento icônico, aqui está:



Oh, Havana, I’m so sorry.

Ter seu nome associado ao Donald Trump não é bom nem de brincadeira e, antes da dona de “Havana”, quem também havia mostrado seu descontentamento por uma montagems semelhante foi Dua Lipa, após um vídeo em que o presidente americano cantava “New Rules”.


Rainhas com opiniões políticas.