Estas são as nossas apostas ao Emmy 2017

Nem “Westworld”, nem “Stranger Things”!

Se tem uma coisa que a gente ama é apostar e, neste domingo, 17, acontece o Emmy, maior prêmio dedicado à televisão, e que nos últimos anos tenta reconstruir sua relevância, meio perdida depois de anos com edições mornas. Mas o tempo passa e, dessa vez, a premiação pode entrar pra história do audiovisual americano mais uma vez: entre os favoritos nas principais categorias, estão produções de serviços de streaming,  como Netflix, pioneira e já vencedora do prêmio de melhor documentário por “A 13ª Emenda”, na primeira parte do Emmy. Em meio a um ano concorrido, e sem “Game Of Thrones”, de fora do páreo pela data de exibição da temporada, o que deixou tudo mais confuso, em quem apostamos? 

Melhor série de drama
A principal categoria conta com concorrentes de peso, como “Westworld”, “Stranger Things” e “The Crown”, essa última inclusive ganhou o Globo de Ouro no começo do ano. “Westworld” lidera em indicações, mas “Stranger Things” já levou o SAG Awards, por exemplo. Ambas são ótimas, é verdade, mas torcemos para “The Handmaid’s Tale”, do serviço online Hulu, pela originalidade e relevância. A série aborda um mundo distópico onde mulheres são controladas pela força do estado e levou os principais prêmios do Television Critics Association Awards (TCA) em agosto. Já falamos dela por aqui, e se ainda não viu, corra! "House of Cards", "Better Call Saul" e "This Is Us" são boas, mas não levam. 

Melhor série de comédia 
“Veep” e “Master of None” são ótimas, sem dúvidas, mas “Atlanta” é uma produção criativa e divertida, que já levou o Globo de Ouro e o TCA, e vai para o Emmy como favorita. Se ganhar mesmo a gente faz uma review, e quem não viu fica por dentro, podemos combinar assim?. 

Melhor minissérie
“Big Little Lies”, por favor! A série com um “quem matou” forte, baseada na força de mulheres, é uma das melhores produções do ano. Reese Witherspoon, Nicole Kidman e Shailene Woodley protagonizam personagens fantásticas, complexas e intensas, poucas vezes retratadas em produções audiovisuais. É uma delícia de ver e ouvir, com uma trilha sonora incrível. “Feud”, obra de Ryan Murphy não acontece dessa vez, o próprio Ryan parece saber disso, elogiando “Big Little Lies” em uma fala em "AHS: Cult". A única que pode tirar o prêmio da nossa favorita é “The Night of”, que vem em um ano forte. De qualquer forma, o prêmio fica com a HBO. 

Melhor atriz em série dramática
Aqui é difícil afirmar alguma coisa, são tantas atrizes em papéis ótimos e irresistíveis! Apesar do amor incondicional por cada uma das concorrentes, ficamos com Claire Foy por “The Crown”, numa atuação impecável da rainha Elizabeth jovem. Além disso, Foy será substituída em breve na série, o que pode lhe ajudar a receber o prêmio já na primeira temporada. Elizabeth Moss por “The Handmaid’s Tale” também é um forte nome, e não duvidamos que leve o prêmio para casa. Robin Wright por “House Of Cards”, mesmo que no ano mais brilhante da série e de sua personagem, corre por fora.  

Melhor ator em série dramática 
Aqui a gente não sabe opinar, essa é a verdade. Anthony Hopkins por seu papel em “Westworld” parece ser o mais óbvio, mas “This Is Us” conseguiu dois nomes na categoria, e Sterling K. Brown foi muito elogiado por sua performance na série, o que nos faz apostar nele.

Mais tarde a gente fica sabendo o que rolou com essas apostas, o Emmy 2017 acontece hoje, com transmissão ao vivo no TNT a partir das 20h.