Começa a corrida dos blockbusters ao Oscar 2018

"Mulher-Maravilha" e "Planeta dos Macacos" estão sedentos pela estatueta

O Oscar, apesar de algumas mudanças no decorrer dos anos, continua sendo o mesmo em inúmeros sentidos. A Academia ainda é composta em sua maioria por homens velhos; as atuações que levam os principais prêmios em sua essência são as mesmas e os premiados geralmente ainda são brancos; e os filmes indicados na categoria de Melhor Filme beiram ao ordinário, com pouquíssimas exceções.

Num momento em que a audiência decai a cada edição e o público perde o interesse, a Academia tomou medidas desesperadas, como o aumento de indicados na principal categoria da noite, buscando agregar outras produções, principalmente aquelas destinadas ao povão. Entretanto, a tentativa de trazer tais filmes foi boicotada pela própria Academia, visto que nos últimos anos, estas produções geralmente não passaram de categorias técnicas — pode entrar, "A Chegada".

"Mad Max: Estrada da Fúria" na edição do ano passado conseguiu o inimaginável. O longa-metragem de George Miller recebeu 10 indicações, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor, porém levou em sua grande maioria prêmios técnicos. A última grande produção hollywoodiana que conseguiu receber tantas indicações ao Oscar foi "Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei", recebendo 11 indicações e levando todos os prêmios para casa, incluindo Melhor Filme.

"Mulher-Maravilha", "Logan" e "Planeta dos Macacos: A Guerra" são as três principais produções grandiosas que se destacaram no cinema neste ano, cada uma delas por seus méritos específicos. "Mulher-Maravilha" entra para a história do cinema como um filme protagonizado e dirigido por uma mulher com mais de U$ 100 milhões no orçamento. "Logan" trouxe o fim de Hugh Jackman no papel de Wolverine. Enquanto "A Guerra" encerrou uma trilogia que sempre se preocupou em ampliar suas técnicas de computação gráfica e captura de movimentos.

Alguma indicação ao Oscar para estes três filmes sempre estiveram na cabeça dos fãs. Algumas das indicações pensadas por este público beiram ao absurdo, sabemos, mas por que não? A única vez que vimos um filme de super-herói levar uma grande categoria para casa foi "O Cavaleiro das Trevas", com o Oscar póstumo de Melhor Ator para Heath Ledger, fora isto, novamente, apenas categorias técnicas.

A Warner pensa alto. O estúdio de "Harry Potter" está trabalhando em uma campanha para que "Mulher-Maravilha" fique entre os 10 indicados na categoria Melhor Filme e pensa em até mesmo em lançar Patty Jenkis como uma possível indicada ao prêmio de Melhor Diretor (a). A diretora, em entrevista ao Entertaiment Tonight, contou que a produção nunca foi pensada para a premiação, e que seria uma honra ver seu filme indicado.

Para a nossa surpresa, o estúdio dos X-Men não planeja levar "Logan" ao Oscar, e sim "Planeta dos Macacos: A Guerra". A Fox irá fazer uma mega campanha milionária para a produção, enfatizando o trabalho de Andy Serkis ("Senhor dos Anéis") com captura de movimentos. Agora vai?

A corrida dos blockbusters ao Oscar 2018 é real, e talvez a vontade de ver tais filmes destes gêneros indicados nunca esteve tão grande e forte como agora. Caso estas produções não cheguem, ao menos, serem indicadas nas principais categorias, pelo menos a gente sabe que as categorias técnicas estão garantidas.