Claudia Leitte não sabe bem pra onde vai com o clipe do seu novo single, “Baldin de Gelo”

No final, a sensação é de que faltou alguma coisa.

Não tem um retorno da Claudia Leitte que não nos soe como um balde de água fria. Só que, neste caso, ela nos trouxe mesmo foi um “Baldin de Gelo”.

Na luta por sua empreitada internacional, enquanto segue produzindo seu disco de estreia na gringa, de contrato assinado com a gravadora de JAY-Z, Roc Nation, Claudia Leitte lançou nesta sexta-feira (04) o videoclipe do seu mais novo single e, mais uma vez, nos deixou a incógnita quanto para onde pretende ir.

A música foi muito bem pensada para as tendências atuais. Tem uma pegada meio reggaeton, mas com quês de Marília Mendonça (“Como faz com ela”) e Simone e Simaria (“Loka”), até que se atropela entre versos em espanhol e um refrão que se perde pelo restante da produção, mas com um esforço notável pra não sair da sua cabeça.

O videoclipe, pelo incrível que pareça, é o maior acerto do trabalho inteiro. Claudia está lindíssima e, fazendo jus a letra, interpreta a mulher que, após o fim de um relacionamento, se arruma pra ir curtir com as amigas. No momento da coreografia, duas lembranças são inevitáveis: “Sim Ou Não”, da Anitta, e “Chantaje”, da Shakira. Mas está tudo bem que ela tenha se inspirado em nomes que estão em alta. Isso é, inclusive, bastante inteligente, desde que essas inspirações não “eclipsem” a sua identidade.

No final, a sensação é de que faltou alguma coisa. E o triste é que essa nem é a primeira vez que sentimos isso com Claudinha. Mas o Brasil está se saindo cada vez melhor em produzir e consumir música pop, então, com o tempo, a gente acredita que ela aprenderá.


Pelo menos não foi uma parceria com o Maluma, o que deveria contar algum ponto positivo para ela.