Camila Cabello faz textão para nos contar tudo o que precisamos saber sobre a sua estreia

É o conceito, viu?

Está chegando a hora de sabermos a que veio Camila Cabello e seu primeiro trabalho solo. Depois de alguns adiamentos, a ex-Fifth Harmony confirmou o lançamento de seu primeiro single, ainda sem nome, para essa sexta-feira (19), revelou o nome do álbum e o conceito por trás de seu primeiro trabalho fora da girlband.

Chamado de "The Hurting, The Healing, The Loving" (em tradução: o ferir, o curar, o amar), o álbum de estreia da cubana falará sobre sua jornada das sombras para a luz e de seu processo para se encontrar. Nesse meio tempo, Camila conta que aprendeu a não sufocar o que sentia e escrever sobre, e cada vez que ela colocava o que estava sentindo em suas composições ficava ainda mais fácil de superar a dor. Assim, ela começou a deixar as músicas tristes para trás e escrever canções felizes. 


Caso você não seja alfabetizado em inglês como a Sasha, vamos a uma pequena tradução do significado do título do disco: 

Para o ferir, obrigada por me ensinar que mesmo à noite quando você me leva ao fundo do oceano, eu ainda vou acordar de manhã. Para o curar, obrigada pelas lágrimas. Quando elas finalmente vieram, elas tinham o gosto de Deus. Para o amar, você é ainda mais bonito do que eu me lembro. 

É o conceito, viu?

Ela ainda menciona que a história da produção do disco começou na segunda música que vamos escutar, "I Have Questions", mas não revela qual será, de fato, o lead single desse trabalho. Para descobrirmos qual faixa ouviremos nessa sexta, Cabello está enviando para seus fãs mensagens com pedaços da capa do single.


O carro-chefe de "The Hurting, The Healing, The Loving" chegaria no dia 5 de maio, mas foi adiado porque surgiu a oportunidade da ex-5H se apresentar no Bilboard Music Awards, que acontece no domingo (21), e assim fazer aquela promo. 

Para seu primeiro CD, Camila trabalhou com pessoas renomadas da indústria como Ryan Tedder, Pharrell Williams, Tyler, The Creator e Charli XCX, além de ter feito músicas em parceria com o Major Lazer, Cashmere Cat e SOPHIE. Ryan contou recentemente que ela é uma das estrelas mais novas com quem já trabalhou que melhor compõe e que as canções que fizeram tem uma pegada latina, remetendo a origem dela. Pode vir, sofrência latina e conceitual!