O novo testamento, também conhecido como ‘novo disco da Lorde’, se chama “Melodrama”

Eis o nome do disco que nos manterá vivos pelos próximos anos.

Lorde tirou o dia para nos matar aos poucos. 

A cantora neozelandesa lançou agorinha o videoclipe para o seu single de retorno, a contagiante “Green Light”, e antes mesmo de digerirmos por completo essa volta, levada por um pop dançante, que soa como uma mistura de Robyn com Elton John, ela já nos deu outro tiro.

Dessa vez, Lorde usou seu Twitter para anunciar o nome do seu segundo disco e, sendo uma das opções presentes na nossa enquete, o álbum se chamará “Melodrama”.



A palavra se popularizou no meio artístico por volta do século XVIII, caracterizando uma obra dramática, na qual sua narrativa é acompanhada por músicas instrumentais. No teatro, a expressão também pode ser designada ao drama popular, tendo como uma de suas características chaves o enredo complicado e repleto de situações exageradas.
Capa do disco, ilustrada por Sam McKinniss
Quando falou sobre “Green Light”, a cantora afirmou que nos contaria a história dos seus dois últimos “selvagens e florescentes” anos, mantendo a fórmula do seu disco anterior, em que cantou coisas do seu cotidiano, se abrindo agora quanto ao universo qual foi introduzida desde o sucesso de “Royals”.

Ainda nesta quinta-feira (02) Lorde dará uma entrevista para a rádio Beats 1, da Apple Music, na qual deve contar mais detalhes sobre esse novo trabalho.

O clipe de “Green Light” foi dirigido por Grant Singer, enquanto a faixa é uma produção de Joel Little e Jack Antonoff.