O Coachella financia grupos anti-LGBTQs e os artistas estão fazendo silêncio sobre isso

Na contramão da diversidade que representa o festival, seu criador utiliza seus lucros para investir em grupos extremistas de direita.


[ATUALIZAÇÃO] Em comunicado para a Rolling Stone, o dono do festival, Phil Anschutz, negou as acusações e reiterou que, desde que soube estar contribuindo para tais causas, cessou com as doações para esses grupos. Leia mais aqui.

Há alguns dias explodiu uma bomba bem no colo do Coachella. O festival, numa de suas maiores edições, havia acabado de anunciar Beyoncé, Kendrick Lamar e Radiohead como seus headliners, numa line-up que ainda incluía Lorde, Broods, Banks, Jack Garratt, entre outros, quando se tornou notícia por um assunto não era música.

Acontece que, de acordo com o jornal The Washington Post, o dono do Coachella, Phil Anschutz, apoia e financia grupos extremistas de direita, que defendem ideais contra a comunidade LGBTQ e se opõem às discussões sobre as mudanças climáticas, com projetos que atrasam e inviabilizam o trabalho de organizações como Greenpeace.

Segundo a publicação, Anschutz utiliza parte dos lucros de seu festival para esses investimentos e, como acusa o Greenpeace, usufrui de sua influência política para atrapalhar projetos em prol do meio ambiente.

Sendo marcado pela diversidade, que vai de suas atrações ao público que se interessa pelo festival, os valores pessoais de Phil se contrapõem aquilo que seu negócio representa e, tendo os artistas uma responsabilidade social que vai além dos palcos, é questionável o silêncio sobre toda a discussão.

Com os ingressos esgotados, entretanto, o público se divide entre os que esperam algum posicionamento das atrações aos que defendem que eles estão apenas cumprindo com o contrato, não necessariamente compactuando com as práticas do empresário. O que é uma pena, já que, em meio aos avanços da extrema direita, dentro dos Estados Unidos de Trump, a última coisa que deveriam permitir era essa ambiguidade sobre um debate tão necessário.