MC Livinho e Tropkillaz se juntam ao Justin Bieber em remix oficial de “Let Me Love You”

No lugar do tropical house, o remix ganhou uma pegada levada para o funk, com influências do pagode, bem abrasileirado mesmo.

DJ Snake não quer desperdiçar o potencial de sua colaboração com Justin Bieber em “Let Me Love You” e, nas últimas semanas, revelou uma série de versões remixes no Spotify, incluindo uma releitura com o cantor R. Kelly e, no que julgamos mais inusitado, uma colaboração com MC Livinho, produzida pelos caras do Tropkillaz.

Na nova versão, o arranjo levado pelo tropical house ganha ares de pagode e funk, bem abrasileirado mesmo, enquanto o funkeiro assume os vocais após o primeiro refrão, repetindo os falsetes de Bieber e trazendo versos em português, incluindo uma tradução para o seu título.

Ficou inusitado, mas tá com bastante cara de guilty pleasure que deixamos passar, com a desculpa de que está chegando o carnaval. Ouça:


Apesar de hits como “Cheia de Marra” e “Marolar”, Livinho não é dos mais queridos pelas redes sociais, por conta de uma postagem homofóbica, na qual afirmou ser “amigo dos gays”, dizendo haver uma diferença entre eles e os “viados”, sendo que, segundo essa publicação, gays “têm respeito ao próximo”, enquanto viados “ficam se exibindo ou falando palavras de baixo-calão nas redes sociais para defender sua sexualidade”. Perdeu uma puta oportunidade de calar a boca.

Daí a gente percebe que o Snake foi pouco seletivo, né? Um acusado de pedofilia e estupro nos EUA, outro homofóbico no Brasil... A gente quer te amar, mas é difícil de defender.

Tropkillaz, por sua vez, tem se empenhado em levar a música nacional cada vez mais longe e, após parcerias como “Tombei”, com a Karol Conka, e “Toca na Pista”, com Leo Justi, MC Tchelinho e MC Carol, passou a investir numa sonoridade mais comercial, que, sem dúvidas, contribuirá para essa esperada ascensão.

A pergunta que não quer calar é: será que o Bieber escutou essa nova versão?