Conversamos com a Bebe Rexha sobre seu primeiro CD, Britney Spears, MTV e mais

Bebe Rexha falou sobre suas inspirações, uma possível vinda ao Brasil em 2017, parcerias e o lançamento do seu primeiro CD, “All Your Fault”.


Assim como Sia, Charli XCX e tantas outras cantoras, Bebe Rexha se tornou famosa pelas composições que escreveu. Nascida em Nova York e filha de pais albaneses, a cantora, que na verdade se chama Bleta Rexha, escreveu o hit "The Monster", parceria do Eminem com a Rihanna, "All Hands On Deck", da Tinashe, além de muitas outras canções, como "Hey Mama", do David Guetta com a Nicki Minaj, onde também canta o refrão. Agora, depois de tanto tempo nos bastidores, Bebe está pronta para fazer sucesso usando também sua voz. 

Nessa primeira investida para consolidar sua carreira de cantora, Rexha lançou o EP "I Don't Wanna Grow Up", em 2015, sendo "I Can't Stop Drinking About You" a faixa de maior sucesso desse trabalho. Além dessas músicas, ela participou também de "Me, Myself & I", parceria com o G-Eazy, e de "In The Name Of Love", com o DJ Martin Garrix. 



Agora, Bebe está preparada para lançar o disco que vai, finalmente, apresentá-la para o mundo todo. Animada com os planos para essa nova fase, a cantora foi super simpática e divertida e nos contou um pouquinho sobre como é trabalhar com grandes artistas (e se tornar amiga deles!) e o que podemos esperar desse primeiro álbum. No final, saímos com aquela sensação de que Rexha é "gente como a gente" mesmo e que, se pudéssemos, com certeza seríamos amigas.

Oi, Bebe!
Bebe: Como você está?

Eu estou bem! E você?
Bebe: Eu estou ótima!

Então, meu nome é Nathalia, eu sou do It Pop, um blog brasileiro de música. Podemos começar a entrevista?
Bebe: Sim!

Ok, vamos falar sobre o EMA! Você foi a apresentadora e arrasou! Foi incrível! Me conte tudo sobre a premiação: como você recebeu o convite para ser apresentadora, como foram as performances...
Bebe: Foi, honestamente, uma experiência incrível! Performar "In The Name Of Love" com o Martin (Garrix), performar "I Got You", encontrar amigos... Eu encontrei o Shawn Mendes e a Zara Larsson... Vi o Bruno Mars cantar e o DNCE também. Eu cresci vendo MTV e querendo ser parte disso, eu me lembro de assistir ao VMA com a minha mãe e com meus familiares. Foi uma experiência incrível, fico muito feliz e honrada de ter tido essa chance.

Você cantou seu novo single, "I Got You", no EMA. Quando vós vamos assistir ao vídeo da canção?
Bebe: Assim que eu terminar de editá-lo, na verdade, deve sair nas próximas semanas.



Estou animada! Você já escreveu músicas para alguns artistas... como foi trabalhar com eles?
Bebe: Eu escrevi para a Rihanna e o Eminem, David Guetta e Nicki Minaj, Martin Garrix... Sabe, eu adoro trabalhar com a Nicki Minaj, ela é uma pessoa incrível, tão talentosa e doce, e o mesmo vale para o Martin Garrix, tão humilde e muito novo. E David Guetta! Eu acho que esses artistas são tão apaixonados, eles trabalham duro. É muito divertido colaborar com outros artistas.

Quando você decidiu cantar suas próprias músicas e não só compor para outros artistas?
Bebe: Ah, eu acho que eu sempre fui uma artista! É só que toda vez que eu escrevia uma música era muito mais fácil entregá-la para outros artistas porque eu não tinha nenhuma conexão que me ajudasse a lançar essa música. Então, eu tive que entregar essas canções, porque elas tinham mais chance de sucesso com outras pessoas. Eu acho que tudo aconteceu de forma orgânica e agora é a hora de lançar minhas próprias músicas e eu sou muito grata por poder fazer isso.

Como você recebeu a notícia de que a Britney gravaria uma nova versão de "Me, Myself & I"?
Bebe: Na verdade eu descobri no VMA, quando eu estava lá. Eu não tinha nem ideia!

E você gostou dessa versão?
Bebe: Sim, eu cresci ouvindo Britney Spears e ela é uma grande inspiração para mim, uma grande entertainer. Eu estava muito animada, então eu a conheci e ela é muito gentil. Nós ficamos juntas e ela colocou uma foto no Instagram e eu estava nervosa, fiquei vermelha de timidez e isso foi demais. Eu acho que foi incrível... espero cantar músicas dela.



Falando em inspirações, quem são suas maiores inspirações?
Bebe: Acho que minhas maiores inspirações na música são Kanye West, One Shell, Alanis Morissette, Tracy Chapman e Bob Marley.

Estamos esperando há muito tempo para ouvir seu primeiro álbum! Quando vai sair?
Bebe: Meu álbum vai ser lançado no próximo ano, fevereiro de 2017, nos dois primeiro meses do ano. Se chama "All Your Fault" e vai ter participações muito legais como Ty Dolla $ign, G-Eazy e Nicki Minaj, para falar de alguns, e eu estou muito animada para lançá-lo. É sobre decepções amorosas e sobre como superá-las, aprender a se amar e a se tornar uma mulher forte e independente. É um álbum muito real e honesto. Pega inspiração de situações passadas e é bastante promissor. Eu espero que o mundo o queira.

Você está planejando vir para o Brasil? As pessoas aqui te amam! Talvez ano que vem?
Bebe: Eu ouço! Eu ouço! Eu ouço! O Brasil é incrível e os meus fãs estão sempre dizendo "Venha para o Brasil! Venha para o Brasil! Venha para o Brasil!". Eu com certeza vou ao Brasil, ainda não sei quando, mas vai acontecer no próximo ano, com certeza!

Fiquei muito animada agora!
Bebe: Quando eu fizer um show aí, você tem que ir!



Eu vou! Eu vou! Pode deixar uma mensagem para as pessoas que nunca ouviram suas músicas antes e estão descobrindo você com essa entrevista?
Bebe: Oi, meu nome é Bebe, eu sou da cidade de Nova York, sou uma garota filha de pais muito trabalhadores. Eu sempre fui obcecada por música, eu amo criar arte e eu espero que a minha música ajude outras pessoas a não se sentirem tão sozinhas ou que lhes sirva para dançar ou cantar junto por 3 ou 4 minutos. Se eu fizer as pessoas felizes ou não se sentirem tão sozinhas, eu sei que fiz meu trabalho bem!

É isso! Obrigada, Bebe, foi ótimo!
Bebe: Muito obrigada!

E eu espero te ver no Brasil ano que vem, hein!
Bebe: Estou animada!

***

Olha só, gente! A Bebe me convidou para o show dela. Quem vamos? Estamos no aguardo! Como a própria disse, seu primeiro CD estará disponível entre os dois primeiros meses de 2017 (tá chegando!). Até lá, a gente fica com o EP "I Don't Wanna Grow Up" e com todas as deliciosas faixas extras que a cantora tem lançado, na torcida para que essa voz marcante seja a dona de muitos hits do ano que vem.