Recap | X Factor UK 2016: informações sobre a votação deixam a competição ainda mais aberta e interessante


Foi ao ar, neste domingo, no UK, mais um episódio de eliminação da 13ª temporada de The X Factor.

Depois da ótima noite de ontem, sob o tema "Disco", apostamos que o bottom se decidiria entre Sam e Ryan, mas com chances também de ter Saara ou Emily nele. Será que acertamos e a eliminação dessa semana foi justa? Confiram em mais uma Recap!



O programa começou com uma linda performance em grupo, com "Rise Up", da Audra Day. E tem sido incrível o quanto as performances coletivas dessa temporada são realmente interessantes. Todo mundo se destaca, até em partes menores.



Logo depois disso, Dermot revelou algumas coisinhas interessantes sobre a votação da semana. Primeiro disse que os três menos votados estavam separados por apenas 3% de diferença. E, segundo, que os dois mais votados, se alternaram incansavelmente no primeiro lugar nas últimas 24 horas, e que ambos nunca haviam liderado a votação. E-I-T-A, que não temos alguém tão favorito assim esse ano!

Na sequência, foi a vez do primeiro convidado da noite: o ex-The Wanted e muito talentoso Nathan Sykes, que lançou seu primeiro álbum solo, "Unfinished Business", na última sexta, e trouxe ao palco do X Factor seu atual single, a poderosa "Famous". Esbanjando talento, Nate fez aquilo que alguém cantando num pedestal deve ter: magnetismo, para que os olhares se concentrem na performance. E, pra variar, simplesmente arrasou!



Logo depois do intervalo, foi a vez de começar a formação do Bottom. Com isso, Dermot anunciou que Saara, Matt, 5 After Midnight e Honey G estavam fora de perigo. Restando, então, apenas mais um nome salvo, entre Sam, Ryan e Emily, já que a partir dessa semana, o "flash vote" foi excluído.

A fim de dar mais drama à coisa, Dermot chamou o segundo convidado da noite pra performar: o participante masculino e solo de maior sucesso do programa, o sempre ótimo Olly Murs. Que numa performance bem lúdica do seu atual single, "Grow Up", levou um pouco de leveza ao palco do X Factor. Vale ressaltar também a fofura dessa substituição dos jurados oficiais e do apresentador por crianças durante e após a performance ❤



Depois de outro intervalo, tivemos a definição das coisas, com Emily também se salvando e deixando o bottom entre Sam e Ryan.

Nele, Sam arrasou em "No More Drama", clássico de Mary J. Blidge...



Enquanto Ryan, por incrível que pareça, também foi muito bem, com o hino "Stop Crying Your Heart Out", do Oasis...



Na votação, tivemos um empate: Simon e Louis votaram pra eliminar Ryan; enquanto Nicole e Sharon, em Sam. No Deadlock, foi revelado que Sam foi a menos votada da semana e, assim, fora da competição.



E aí, pessoal? O que acharam dessa eliminação? Mesmo sendo contra Ryan, não nos surpreendeu, porque Sam, de fato, nunca "aconteceu" no programa da forma que esperávamos. Uma pena!

E sobre essas informações dadas por Dermot sobre a votação, que sugerem uma competição muito mais aberta do que imaginávamos, já que parece não ter favoritos declarados? Podemos sonhar com uma final surpreendente entre 5AM, Saara e Honey G? Hahaha.

Semana que vem, com o tema "Movies", saberemos quem formará o Top 5 da temporada.



Até lá, pessoal! :)
Tecnologia do Blogger.