Nosso corpo não está pronto para o disco de estreia da Anne-Marie, “Breathing Fire”

Se tem uma cantora para nós nos atentarmos para os próximos meses, essa é Anne-Marie. A cantora e compositora inglesa lançou seu primeiro EP ano passado e, desde então, só tem recebido bons resultados. 

Mas não pense que ela acabou de começar a cantar não, desde os seis anos de idade a loira busca seu lugar no hall da fama. Seu primeiro trabalho artístico foi o musical foi “Los Misérables” no conceituado Teatro West End, em Londres e quando tinha doze contracenou com Jessie J na peça “Whistle Down the Wind”.

Seu primeiro EP solo foi gravado pela Rocket Records com o nome de “Summer Girl”, mas nem chegou a ser lançado. Will, da banda eletrônica inglesa Rudimental, descobriu a voz de Marie e a chamou para gravar quatro músicas. Uma delas é “Rumour Mill”, que atingiu o 67º lugar da UK Singles Chart e abriu portas para a compositora, que passou dois anos em turnê com o grupo.

Anne-Marie se dedicou à sua carreira solo nesses dois anos que esteve com a Rudimental até lançar pela gravadora Major Tom o seu, até então, único material em carreira solo “Karate”, composto por quatro músicas. A música que deu nome ao disco e “Gemini” foram singles e trouxeram reconhecimento para a artista.



Foi só em 2016 que as músicas de Anne alcançaram o mainstream. Em janeiro, o EP “Do It Right” foi divulgado e chegou à 90ª posição da UK Singles Chart, trazendo a promessa de um álbum completo chamado “Breathing Fire” até o final desse ano (que, olha que coincidência, falta dois meses para acabar...). Seis meses depois viria o seu principal sucesso, “Alarm”, que alcançou a 16º posição das mais tocadas da terra da rainha e mais de 100 milhões de reproduções no Spotify.



Como tem poucas músicas, vale a pena conhecer todas as faixas que a inglesa já gravou, pois todas tem potencial para ser sua música favorita. Destacamos aqui a música “Boy”, que dá vontade de aprender a cantar só pra acompanhar a cantora e é uma das únicas que não fez grande sucesso em sua breve carreira.



Annie-Marie está concorrendo na categoria “best push” do EMA 2016, com Alessia Cara, DNCE e Lukas Graham, e promete não parar por aqui.
Tecnologia do Blogger.