A justiça foi feita: “Mad Love”, da JoJo, estreia no top 10 dos EUA

É pra aplaudir de pé, gente! A cantora Jojo levou dez anos até que lançasse seu terceiro disco, sucessor de “The High Road” (2006), e após o fiasco comercial do EP “III”, lançado no ano passado, estreou no top 10 da Billboard Hot 200 com o álbum “Mad Love.”.



O disco, atualmente promovido pela parceria com Wiz Khalifa, “Fuck Apologies.”, marca uma importante fase na carreira dela, que ficou presa por um contrato durante a última década, impossibilitada de investir em novos lançamentos e, por conta disso, atrelada ao hit “Too Little Too Late”, o que chega a ser tragicamente cômico.

“Mad Love.” estreou na sexta posição da parada americana, com um total de 25 mil cópias vendidas, como mostramos a seguir.

1. Kings of Leon - "Walls" (77 mil cópias)
2. Drake - "Views" (40 mil cópias)
3. Suicide Squad - "OST" (35 mil cópias)
4. The Game - "1992" (32 mil cópias)
5. Twenty One Pilots - "Blurryface" (26 mil cópias)
6. JoJo - "Mad Love." (25 mil cópias)
7. Broadcast Cast Recording - "Hamilton" (23 mil cópias)
8. Ariana Grande - "Dangerous Woman" (22 mil cópias)
9. Travis Scott - "Birds in the Trap Sing McKnight" (21 mil cópias)
10. Green Day - "Revolution Radio" (21 mil cópias)

O novo disco de Jojo chegará às lojas brasileiras no dia 18 de novembro, mas já está disponível nas principais plataformas de streaming – sim, nós estamos falando do Spotify. Além de Wiz Khalifa em “Fuck Apologies”, “Mad Love.” conta com a participação de Alessia Cara na faixa “I Can Only”.

Tecnologia do Blogger.