Vevo e Warner anunciam parceria: Anitta e outros artistas levarão seus clipes para a plataforma

Todo fã já se perguntou pelo menos uma vez na vida, a razão de artistas grandes, como Anitta e Ed Sheeran, não terem um canal “Vevo” no Youtube, né? E a resposta era mais simples do que parecia: eles e outros exemplos eram nomes da Warner Music que, por sua vez, não possuíam qualquer parceria com a Vevo.

A Vevo, pra quem não sabe, faz um pouquinho mais que deixar a sua marca nos videoclipes por aí. A empresa é a responsável por segmentar e otimizar esse conteúdo musical na internet, reunindo-os em sua própria plataforma, enquanto eles também permanecem entre tantos outros conteúdos pelo Youtube. Seu serviço, entretanto, nasceu de uma parceria entre a Sony e Universal Music, que mantiveram então os trabalhos da plataforma com seus próprios artistas e alguns nomes independentes, que levavam seus clipes para o site por meio de um contrato alternativo.

Com o passar do tempo, é claro que surgiu o interesse dos artistas da Warner integrarem a Vevo, tanto pela visibilidade quanto até mesmo a credibilidade que, de certa forma, a plataforma proporciona, mas, além dos videoclipes, há muita burocracia envolvida e, por anos, literalmente, ficaram nesse chove-não-molha. E eis que essa novela teve um final feliz.

Nessa terça-feira (02) a Vevo e Warner Music anunciaram que, enfim, trabalharão em parceria, levando os artistas do selo para o seu time de peso, que já conta com nomes como Beyoncé, Rihanna, Taylor Swift, Justin Bieber, Adele e Katy Perry.



Como foi recém-anunciada na gringa, os frutos dessa parceria devem demorar um pouquinho pra chegar ao Brasil, mas deverá ser uma questão de tempo até que nomes como Anitta e Ludmilla, contratadas pela Warner, levem os seus clipes para a Vevo, além dos internacionais, como Charli XCX, Ed Sheeran, Bruno Mars, Coldplay, David Guetta, twenty one pilots e até outros menores, como Marina & The Diamonds, Melanie Martinez e Maitê Perroni.

Nessa parceria, os canais desses artistas no Youtube permanecerão intactos, com todos os seus números, estatísticas, etc, enquanto, na verdade, o que muda é a plataforma da Vevo, que terá seu catálogo atualizado com todos esses videoclipes.

Vevo Certified não existe mais

Assim que a parceria foi confirmada, muitos fãs começaram a comemorar que artistas como Anitta, que é uma das cantoras mais fortes do Youtube no Brasil, ganharia seus merecidos certificados Vevo, que reconheciam clipes com mais de 100 milhões de acessos na plataforma, mas esses títulos deixaram de ser utilizados pelo serviço há algum tempo.

Com a força dos videoclipes na internet e o empenho do público, que busca quebrar recordes de visualizações com seus artistas favoritos sempre que surge um novo lançamento, arriscamos dizer que os certificados perderam o seu valor, porque poderiam ser conquistados com maior facilidade, mas não houve qualquer anúncio formal quanto a isso – o que abre a possibilidade de voltarem futuramente, quem sabe.



O último clipe reconhecido por um Vevo Certified foi “Uptown Funk”, do Mark Ronson com o Bruno Mars, que atualmente acumula mais de 1 bilhão de exibições.

Com a integração da Sony, Universal e Warner Music nesse projeto, a Vevo ganha ainda mais força no Brasil e no mundo, sendo a única plataforma exclusiva com os videoclipes desses artistas em alta definição, e nos deixa ansiosos quanto aos futuros projetos que poderão resultar disso, por conta de programas como o “Vevo DSCVR”, “Vevo Live”, entre outros, que ainda não tiveram muito destaque por aqui.
Tecnologia do Blogger.