“Red Flame”, da Azealia Banks, é a melhor música que o “ARTPOP” não teve

Um dos maiores medos dos fãs de Lady Gaga, é ver a cantora entrando na tendência da dancehall nos trabalhos do seu novo disco, sucessor do “ARTPOP”, mas um repentino vazamento de seu último CD trouxe uma positiva surpresa: a cantora iria flertar com o gênero, antes que ele se tornasse essa febre de atualmente. Agradeça a Azealia Banks.

Até então descartada, por conta de desentendimentos em estúdio, a parceria de Banks e Gaga em “Red Flame” ganhou a internet e, surpreendendo os fãs de ambas as artistas, apresenta uma sonoridade bem diferente de seus últimos trabalhos, mesclando dancehall com música eletrônica, numa “bagunça dançante” que poderia, facilmente, pertencer ao repertório da M.I.A., Major Lazer ou Die Antwoord.


Na época em que confirmaram a ausência da música no “ARTPOP”, Azealia Banks sugeriu que vazaria a sua parte, caso Lady Gaga autorizasse, mas a cantora não se pronunciou e a rapper manteve a faixa em segredo. O que ela não escondeu, entretanto, é que a colaboração de Gaga na faixa foi mínima, só incluindo alguns versos extras, que não fariam muita diferença na sua edição final.

Pela versão vazada, é possível perceber que “Red Flame” está mais para uma música da Azealia Banks com a cantora de “G.U.Y” do que o contrário. Queríamos a sua versão finalizada e completa para ontem.

Tecnologia do Blogger.