CL virou uma versão menos interessante da Miley Cyrus no clipe de “Lifted”

CL foi morta e substituída.

A rapper sul-coreana, conhecida por integrar a girlband 2NE1, começou a se aventurar pelos EUA depois de “The Baddest Female”, se enturmando com Diplo, Skrillex, entre outros nomes, e daí em diante, saiu cozinhando a sua estreia no mercado americano.

Por mais que o hip-hop esteja em alta nos EUA, todos sabem que a terra do Tio Obama tem certa resistência à consumir lançamentos estrangeiros e, em sua primeira canção oficialmente lançada por lá, CL se rendeu completamente ao pacote urban para iniciantes do “american dream”, soando mais cantora do que rapper, enquanto entoa a pop (e bem Miley Cyrus) “Lifted”, que fala sobre ficar loucona de maconha. 

Visualmente falando, “Lifted” não chama muita atenção. Com a direção do Dave Meyers, o clipe é lindo, com a cantora dançando pelas ruas e exibindo todo o seu estilo, mas nada memorável. É quase um “Thrift Shop” fashionista e com menos orçamento.

Não dá pra dizer que essa é uma estreia ruim, mas ver e ouvir “Lifted” é um tanto decepcionante, principalmente se pararmos pra pensar no que ela já foi capaz de fazer em sua terra natal. A cidade grande te fez mal, CL.


Aguardemos os próximos passos da coreana por essa aventura americana, que ainda renderá o EP “Lifted” e, se os números estiverem a seu favor, um disco solo de estreia mundial.
Tecnologia do Blogger.