James Wan não deve voltar como diretor em "Invocação do Mal 3"


"Invocação do Mal" foi lançado em 2013, arrecadando mais de 300 milhões de dólares mundialmente, garantindo uma sequência e um spin-off. O derivado "Annabelle" é duvidoso até para quem adorou a boneca em sua aparição no original, mas fez até um certo barulho nas bilheterias. Entretanto, quem deve arregaçar é "Invocação do Mal 2", que chega aos cinemas brasileiros hoje. O sucesso é tão certo que conversas sobre um terceiro filme já existem.

Nada oficial, é claro, nem o estúdio responsável pelo longa mostrou interesse em uma nova sequência (ainda!). Quem deu pistas de que um novo filme poderia acontecer foi o próprio diretor James Wan durante uma entrevista a Entertainment Weekly, indicando que não deve voltar como diretor. O cara tem a produção de "Annabelle 2" e do suposto reboot de "Mortal Kombat", fora a direção de "Aquaman", prometido para 2018.

"Outro 'Invocação do Mal'? (...) Eu amo o mundo, eu amo Patrick e Vera, e eu tenho uma ótima relação com a New Line e Warner, então a ideia de voltar para essa família não é algo ruim. (...) Mas eu estarei ocupado nos próximos anos. Então, quem sabe se eles vão realmente esperar por mim e fazer outro?

Quando James solta suas criações nas mãos dos estúdios, ou abandona a direção, cuidando apenas da produção, elas acabam perdendo a qualidade com o decorrer das sequências. "Sobrenatural" não é a mesma coisa sem ele na direção, e nem precisamos falar da montanha-russa "Jogos Mortais". É torcer pro cara não abandonar o barco. A gente consegue esperar outros três anos para um novo filme.

Tecnologia do Blogger.