Listamos nossos Top 3 favoritos de "RuPaul's Drag Race" do melhor para o pior

Falta menos de uma semana para a season finale do melhor reality show que existe no nosso planeta – e provavelmente no resto do universo, “RuPaul’s Drag Race”. A grand finale foi filmada ontem (10) e será exibida pela Logo na próxima segunda-feira (16), trazendo todas as drags da temporada para enaltecer o atual Top 3: Bob The Drag Queen, Kim Chi e Naomi Smalls.

A gente já pode começar o texto crying in cucu’s languange pois esta temporada foi a segunda menor entre todas as oito, ficando atrás apenas da primeira, que teve nove participantes. Felizes éramos na terceira temporada, que teve nada mais nada menos que QUINZE episódios. Isso só nos deixa mais tristes quando estamos numa temporada com participantes tão incríveis, mas é aquele ditado.


Não viemos aqui para chorar sobre o potinho de pancake quebrado, e sim para listar nosso ranking com os oito Top 3, do pior para o melhor. “Pior” é uma palavra muito forte, só tem gente linda e de bem com a vida nesse programa – ou quase todo mundo, mas alguém tem que ficar em último, não é mesmo?

ALERTA, ATENÇÃO, LEIA COM CUIDADO: esse post, como qualquer outro post dessa grande rede mundial de computador que não se utiliza de métodos quantitativos, é opinativo. As chances de você concordar 100% com ele é pequena, mas não estamos aqui para ditar regra, e sim instigar um bate-papo saudável e maroto sobre as queens que tantos amamos na corrida das drags. Já vimos listas com nosso último colocado em primeiro e vice-versa, o que é perfeitamente normal. Então senhoritas, liguem seus motores, e que o melhor Top 3 vença!


#8 Bob The Drag Queen, Kim Chi & Naomi Smalls

Essa posição provavelmente será bastante controversa, já que, além de ser sobre a temporada em curso, é com queens bastante amadas. Porém, esse é o Top 3 que contém verdadeiramente apenas uma candidata com o CUNT completo. Mesmo Kim Chi possuindo o amor do público e ser uma obra-prima visual ambulante, jamais uma queen detentora do maior número de vitórias nos desafios do programa perdeu a coroa, e Bob The America’s Next Drag Superstar venceu mais que as duas outras concorrentes (além de Kim ser bem deficiente em suas performances e desenvoltura em palco). E, no T no shade, Naomi Smalls nessa posição numa temporada onde passou metade apagada e com tantos outros nomes gigantes, é meio desapontador #JusticeForAcid #JusticeForThorgy #JusticeForChiChi.


#7 Violet Chachki, Ginger Minj & Pearl

É opinião dominante que a sétima temporada do programa foi, em alguns aspectos, um banho de água fria (pra quê tantos desafios em grupo???), e o seu Top 3 refletiu esse desapontamento. Enquanto Violet Chachki destruía a passarela com seus looks herstóricos, passou apenas quatro semanas no topo (ganhando o desafio ou sendo uma das três melhores), sobrando sete semanas salva ou entre as três piores. Ginger, mesmo indo para o Bottom 2 duas vezes, brilhou em vários desafios, não caindo no gosto do público pelo seu jeito afiado. Pearl foi parar lá por... que mesmo? Apesar de ser uma queen que demonstrou crescimento e ter o amor do público, ficava bem para traz em vários quesitos (como performance), patamar parecido com o de Kim Chi atualmente. Ganhou a opção mais segura, por fim. 


#6 Bebe Zahara Benet, Nina Flowers & Rebecca Glasscock

O que poderia ser um dos mais fortes Top 3 do programa foi quase aniquilado pela presença de Rebecca Glasscock, talvez a mais fraca participante a chegar no Top 3 até hoje. Pensemos: Mama Ru louca no glittler salvou Rebecca no lipsync contra Jade (uma das maiores injustiças cometidas nesse reality), onde assim teríamos, caso a justiça divina tivesse operado, um top 4 com Bebe, Nina, Ongina e Shannel, só tiro, porrada e bomba. Mas em favor ao climão, Rebecca foi parar na final, com opinião unânime dos jurados: você não devia nem tá aqui, linda. Bebe e Nina mereceram cada segundo no topo e Bebe, a primeira sucessora da Supermodel of the World, é uma das melhores vencedoras do programa. Cameroooooon!


#5 Tyra Sanchez, Raven & Jujubee

A segunda temporada veio com várias reviravoltas em seu formato, fugindo da estética filtro-de-Instagram da primeira e partindo prum visual mais parecido com o que temos hoje. Todavia, RuPaula ainda mexia os pauzinhos para sua favorita conseguir destaque, e foi assim que Tyra Sanches levou a coroa. Méritos à parte, as três participantes mostraram-se poderosíssimas queens durante a temporada em diversos aspectos, levando a dupla Raven + Jujubee para o estrelado como queens super conhecidas do público (tanto que sempre fazem participações especiais nas temporadas seguintes). Nota: mesmo vencendo nenhum desafio, Jujubee é a queen com mais curtidas no Facebook.


#4 Sharon Needles, Chad Michales & Phi Phi O'Hara

A quarta temporada é considerada por muitos como a melhor entre as oito, e não é por acaso. Seja pelas participantes maravilhosas (Willam, Latrice, Jiggly...), seja pelas reviravoltas (Willam sendo desclassificada, gag of the century), a temporada da Party City teve um dos melhores Top 3, com cada queens erguendo um império de desafios e vitórias. Certo que Phi Phi demorou para engatar uma vitória e até hoje amarga com o ódio do público pelo jeito ácido, mas não dá pra discordar que a bicha arrasa – e já está mais do que na hora de superar seu comportamento. Ao lado da Tired Ass Showgurl, Chad Michaels é, talvez, a queen mais profissional que já pisou no main stage, tanto que Ru fez o “All Stars” só para dar uma coroa a ela rs. E Sharon Needles aniquilou a concorrência ao vencer quatro desafios na temporada, mais do que qualquer uma até hoje. She looks spooky but she’s very nice.


#3 Raja, Manila Luzon & Alexis Mateo

Na apoteose dos desafios de costura que foi a terceira temporada (foram cinco, com três deles em sequência), duas fashion queens bastante diferentes emergiram como as estrelas: Raja e Manila Luzon. A corrida entre as duas foi a mais acirrada de todas, já que ambas possuíam exatamente a mesma contagem de pontos com seus desempenhos nos desafios, algo que nunca se repetiu. Mas a experiência de Raja (oito anos mais velha que Manila), unida com sua personalidade expansível e senso fashion como nenhuma outra deram a coroa à primeira e única ganhadora asiática (ela tem descendência indonésia). Para fechar o Top 3, Alexis Mateo e sua estética regionalista conquistaram os jurados (que deram três vitórias) e ela se tornou a segunda (e última) queen de Porto Rico à chegar na final. Bam!


#2 Jinkx Monsoon, Alaska & Roxxxy Andrews

A quinta temporada foi a mais heterogênea de todas. Enquanto normalmente temos as favoritas à coroa vencendo os desafios sozinhas, aqui tivemos uma diversidade de nomes arrematando os desafios, tanto que a primeira queen a vencer dois desafios, Jinkx Monsoon, só conseguiu o feito no episódio nove, com oito queens diferentes vencendo os oito primeiros desafios. Em comparação, a terceira e quarta temporada já tinham queens com duas vitórias no terceiro episódio (Alexis e Sharon, respectivamente). Com eliminação dupla, semana sem eliminação, lipsyncs legendários e um montante de queens que transbordavam CUNT, o Top 3 não poderia ser diferente, com três participantes que levariam a coroa com louvor. Mesmo Roxxy Andrews terminando amarga contra Jinkx, a queen era estonteante na passarela e arrasou em vários desafios, sendo a única queen a ir para as críticas dos jurados em todos os episódios da temporada. Alaska, também conhecida como Vencedora do All Stars 2, é uma das mais carismáticas participantes e perdeu apenas para a força suprema e narcoléptica de Jinkx, que passou oito desafios seguidos como uma das três melhores do desafio, algo jamais repetido. Até hoje temos que aceitar: it’s always monsoon season.


#1 Bianca Del Rio, Adore Delano & Courtney Act

O ABC drag leva nossa coroa de melhor Top 3 do programa ao trazer três nomes absurdamente diferentes, mas igualmente merecedores do lugar. Courtney Act trouxe sua estética ultra-mega-super feminina com looks violentamente perfeitos (ainda trememos quando lembramos do pássaro com aquelas asas gigantescas). Adore Delano touxe carisma como nunca antes tínhamos visto e o maior número de memes para divulgarmos e enaltecermos na internet – PARTY! E Bianca Del Rio trouxe, bem, Bianca Del Rio. O Furacão Bianca segue com o melhor desempenho na herstory do programa (ela jamais ficou entre as piores da semana) e foi a vencedora indiscutível de uma temporada impecável. Today, satan. Today.

...

E é isso, ladies. Qual o seu Top 3 favorito? E foi só a gente que ficou perdido em nostalgia e euforia ao ver o quanto que o programa cresceu?  nona temporada já está confirmadíssima, com gravações nos próximos meses. Mas antes disso, você é #TeamBob, #TeamKim ou #TeamNaomi? A mais nova deusa no panteão da realeza drag será revelada em breve e mal podemos esperar para ver.

Tecnologia do Blogger.