Jennifer Lopez descobre o feminismo no clipe de “Ain’t Your Mama”

Jennifer Lopez não conseguiu levar muita gente com o discurso feminista do seu novo single, “Ain’t Your Mama”, visto que a música carrega um empoderamento questionador, já que sugere que a mãe do cara é quem deve fazer as tarefas da casa, e conta com a produção do Dr. Luke, atualmente acusado de abuso sexual e psicológico pela cantora Kesha, mas seguiu em frente com essa proposta no clipe da canção.

Lançado nessa sexta-feira (06), o vídeo de “Ain’t Your Mama” foi dirigido pelo Cameron Duddy e, numa puta produção, coloca a cantora na pele das mais diferentes posições em que tende a ser incomum encontrarmos mulheres, enquanto prova que pode fazer o que quiser – e bancar a mãe de cara nenhum está em seus planos.

O empoderamento é reforçado a partir dos primeiros segundos do vídeo, no qual uma dona de casa escuta uma reportagem e começa a perceber algo de errado no ambiente ao seu redor e, daí em diante, JLO encarna várias grandes mulheres que foram contra o machismo de cada dia, porque, como já dizia Beyoncé, são elas quem dominam o mundo.

Olha só:



“Ain’t Your Mama” foi composta pela Meghan Trainor que, numa recente entrevista, garantiu que Jennifer Lopez não fazia ideia de que a música tinha a participação do Dr. Luke. Segundo a hitmaker de “Bang Dem Sticks”, a faixa foi composta bem antes de Kesha começar a tocar o processo contra o produtor.
Tecnologia do Blogger.