Alicia Keys também caiu no dancehall em seu novo single: ouça a maravilhosa “In Common”

Quem disse que só a Beyoncé pode se dar bem com lançamentos surpresas? ACABOU de sair o mais novo single da Alicia Keys e a música, chamada “In Common”, nos pega despreparados não só pelo lançamento fora de época, já que, geralmente, os artistas lançam seus novos singles na sexta-feira desde a estreia da “New Music Friday”, mas também pela mudança na sonoridade da cantora.

Pensando em sua sonoridade, “In Common” tá mais para um lançamento da Rihanna do que Beyoncé. O primeiro single do sucessor do “Girl On Fire” (2012) coloca Keys na onda das rádios atuais e, sem ponderar, investindo no dancehall e tropical house que nos ganhou com os últimos trabalhos do OMI, Justin Bieber, Rihanna e Drake. Aliás, o Drake bem poderia participar de uma versão remix da faixa.

“In Common” estreou na madrugada dessa quarta-feira (04) por streaming no Youtube e Spotify, também sendo disponibilizado no iTunes, e contará com a sua primeira apresentação ao vivo no próximo sábado, 07, no Saturday Night Live.

Ouça seu próximo vício:


Isso é ou não um smash hit?

Testando uma estratégia semelhante à de artistas como Christina Aguilera, Gwen Stefani, Shakira, Jessie J, Demi Lovato, Kelly Clarkson e Britney Spears, Alicia Keys inicia os trabalhos do seu novo disco pouco antes de inaugurar a sua posição de jurada em um reality show musical, visto que participará da próxima temporada do The Voice, mas julgando pelas experiências anteriores, consideramos inteligente que ela pense em outras propostas além do programa para vingar esse novo disco.

Um ponto engraçado é que esse single novo chega com o nome “Em Comum” e, por mais que seja algo totalmente novo para a sua carreira, traz uma fórmula bastante comum para as rádios atuais, que já bebe dessa fonte desde o sucesso de “Cheerleader” (OMI) e “What Do You Mean”. É claro que, no contexto da sua letra, o título tem todo um outro sentido, mas não deixa de ser interessante a relação.

O mundo nos fez escutar “Girl On Fire” até não aguentarmos mais, então não aceitaremos injustiças com essa maravilha.
Tecnologia do Blogger.