It Charts: Fifth Harmony arrasa nos charts britânico e americano e Rihanna chega à sétima semana de reinado na Hot 100

Boooa tarde, queridos leitores do It Pop! A gente acaba de chegar com as novidades dos dois principais charts de singles do mundo, e, nessa semana, estamos CHEIOS de novidades. O grande destaque da semana foi a girlband Fifth Harmony, que chegou a posições nunca antes navegadas tanto nos EUA, onde elas acabam de conseguir seu primeiro top 10, quanto no UK, onde chegaram à vice-liderança e superaram o pico de "Worth It". Zayn também ganhou um gás e voltou ao top 5 americano graças ao desempenho do "Mind Of Mine", que estreou no topo da Billboard 200. Rihanna continua no topo da Hot Hundred, Mike Posner soberano reinando no UK e Meghan Trainor escala aos poucos a parada em seu rumo ao #1. Leia só!


10º lugar
"Say You Do", Sigala feat. Imani & DJ Frash (-5)
Última semana: 5º / Semanas na parada: 5

Na última semana, o Sigala, DJ mais badalado do Reino Unido, estava bem no meio do top 10 depois de saltar meteoricamente mais de 40 posições. Fogo de palha, aparentemente. Hoje ele abre nossa coluna com o prêmio de ladeira da semana. Será que ainda tem chance de recuperar? 



9º lugar
"Pillowtalk", Zayn (+1)
Última semana: 10º / Semanas na parada: 9

Foi uma excelente semana para Zayn. O ex-1D estreou com seu álbum no topo da parada britânica de discos e com o aumento das vendas e dos streamings, recuperou mais um degrauzinho e voltou à 9º posição do chart essa semana com uma das melhores músicas lançadas esse ano. A gente ainda não cansou e nem parou de ouvir!



8º lugar
"Girls Like", Tinie Tempah feat. Zara Larsson (+1)
Última semana: 9º / Semanas na parada: 5

Zara Larsson deu as mãos a Tove Lo e é a sueca da vez. O novo hit da moça é a parceria com o rapper Tinie Tempah, na gostosíssima "Girls Like". Eles chegaram ao top 10 há 3 semanas e seguem escalando a parada. Nesta semana, chegaram ao 8º lugar e não temos dúvida de que rumam ao top 5!



7º lugar
"Fast Car", Jonas Blue & Dakota (=)
Última semana: 7º / Semanas na parada: 11

Música eletrônica tem muito espaço na terra da Rainha e não é nem um pouco difícil fazer sucesso por lá. Quando uma batida é realmente boa e cativante, é hit garantido e por bastante tempo. A prova é Jonas Blue com sua "Fast Car", que está há 10 semanas entre os dez maiores hits dos países. Você que acompanha sabe o quanto é raro um single ficar por tanto tempo entre as mais, né?



6º lugar
"Work", Rihanna feat. Drake (=)
Última semana: 6º / Semanas na parada: 10

What can we say? Que "Work" é hit. Na décima semana listada entre os grandes singles no UK, Rihanna e Drake mantiveram-se estáveis na 6ª posição semanas depois de terem alcançado o pico na vice-liderança. A tendência é que eles apareçam por aqui mais um tempinho. 



5º lugar
"Lush Life", Zara Larsson (-1)
Última semana: 4º / Semanas na parada: 13

A Tove Lo de 2016 é Zara Larsson, provando que a Suécia é uma grande exportadora de talentos. A loira de 19 anos chegou ao bronze do chart com a deliciosa "Lush Life", que há 13 semanas na parada hoje está bem no meio da nossa lista. Essa é uma que ainda ouviremos muito falar. Você já ouviu a palavra de Zara Larsson hoje?



4º lugar
"Cheap Thrills", Sia (+4)
Última semana: 8º / Semanas na parada: 7

Hitmaker que só, Sia é a verdadeira detentora da fórmula dos hits. Em "Cheap Thrills" ela leva isso ao limite. A prova? Sete semanas na parada e um vôo dentro do top 10: do 8º para o 4º lugar. Nos Estados Unidos, essa semana ela saiu do top 80 e saltou para o top 30. Seria esse um dos grandes hits do ano? É uma aposta nossa que se concretizada nos deixará muito felizes.



3º lugar
"7 Years", Lukas Graham (-1)
Última semana: 2º / Semanas na parada: 10

"7 Years" liderou por algumas semanas a parada britânica, passou mais algumas na vice-liderança e agora abre nosso pódio no terceiro lugar. Sorte dos meninos da Lukas Graham, que fizeram um hit tanto por aqui quanto lá nos EUA. Não podemos negar que essa letra é realmente linda e que eles simplesmente arrasaram apostando no single.



2º lugar
"Work From Home", Fifth Harmony (+1)
Última semana: 3º / Semanas na parada: 5

THIS IS A POP EMERGENCY!!!111! Parabéns às garotas lindas e talentosíssimas do Fifth Harmony que chegaram à sua maior posição no chart britânico. A gente já sabia que "Work From Home" era a fórmula certa pra fazer sucesso, e o sucesso da música tanto aqui quanto nos EUA prova isso. O lead-single do novo álbum das moças, "7/27", alcançou a 2ª posição por aqui, quebrando a marca que antes era de "Worth It" (maior hit das moças até agora, mas que não passou do 3º lugar). SERÁ que elas chegam no topo? Desde já torcendo!



1º lugar
"I Took A Pill In Ibiza", Mike Posner (=)
Última semana: 1º / Semanas na parada: 9

Não tem jeito: alguém vai ter que acertar BASTANTE esse ano para tirar do remix de "I Took a Pill in Ibiza" o título de hit eletrônico do ano (pelo menos do Reino Unido). É a terceira fucking semana consecutiva em que a canção de Mike Posner lidera soberana a parada britânica e, estando ainda no primeiro lugar do iTunes UK, é bem provável que mais uma semana de #1 esteja garantida para o remix. 





10º lugar
"Work From Home", Fifth Harmony (+2)
Última semana: 12º / Semanas na parada: 5

A Fifth Harmony não está preocupada com absolutamente nada depois da semana incrível que tiveram nos charts. Se no UK elas chegaram à vice-liderança, nos EUA elas lacraram ainda mais ao emplacarem pela primeira vez um single no top 10. "Work From Home" agora é a música mais bem sucedida da girlband nos dois maiores charts do mundo, superando o megahit "Worth It". Vamos aos dados? "WFH" foi o quarto single mais vendido da semana nos EUA, o quinto mais executado nos streamings e elas ainda escalam o top 20 das rádios. A gente torce pra que elas avancem ainda mais e cheguem lá em cima!



9º lugar
"I Took A Pill In Ibiza", Mike Posner (Seeb remix) (+1)
Última semana: 10º / Semanas na parada: 11

O sucesso do remix da música de Mike Posner está fazendo no Reino Unido aparentemente está sendo seguido nos EUA. Depois de semanas entre o décimo e o décimo-primeiro lugar, o single finalmente atravessou a barreira e conquistou um novo pico essa semana, desta vez no 9º degrau da tabela. O carro-chefe do single é a audiência na rádio e os números do streaming, que subirão bastante essa semana (de #12 para #7).



8º lugar
"Me, Myself & I", G-Eazy x Bebe Rexha (-1)
Última semana: 7º / Semanas na parada: 22

Depois de muuitas semanas no 7º lugar, o eletro-rap de G-Eazy x Bebe Rexha deu uma derrapadinha nesta famigerada semana e caiu ao 8º lugar, mesmo com um aumento nas vendas. Culpamos a queda nos números de streaming pelo desempenho negativo da música, nessa edição do It Charts.



7º lugar
"Stressed Out", Twenty One Pilots (-2)
Última semana: 5º / Semanas na parada: 28

Todo hit tem sua decadência, e parece que chegamos a de "Stressed Out". Os caras conquistaram a medalha de prata e muito por pouco não chegam lá, mas o que importa é que, em sua 28ª semana de Hot 100, eles ainda se encontram no top 10 depois de terem feito tanto sucesso nos EUA. Inclusive, "SO" ainda é a terceira música de maior audiência nas rádios e conseguiu manter o nível das vendas digitais. A gente achou que essa seria a "Shut Up And Dance" de 2016, mas parece que erramos um pouco (já que a música do Walk The Moon morou por mais de 15 semanas no top 10).



6º lugar
"My House", Flo Rida (-2)
Última semana: 4º / Semanas na parada: 21

A gente não entende o estranho fenômeno que acontece com "My House". Sucesso de vendas (#3 essa semana), o single não emplaca nas rádios (barrado em #4 e agora caiu para #5) nem nos streamings (ladeirou de #7 para #12). Deve ser porque a música é bem ruinzinha mesmo, não? Amiga, não tem como te defender!



5º lugar
"Love Yourself", Justin Bieber (-2)
Última semana: 3º / Semanas na parada: 20

Justin Bieber está prestes a fazer história. Enquanto lidera as rádios com "LY" há 8 fucking semanas, ele chegou a 20 semanas direto no top 10 com o terceiro single do "Purpose" e pode - com certeza irá - quebrar o recorde de música que estreou no top 10 que mais passou tempo entre as 10 mais. A gente sabe que essa ele tirará de letra! Créditos: Ed Sheeran



4º lugar
"Pillowtalk", Zayn (+4)
Última semana: 8º / Semanas na parada: 9

Semana boa também para Zayn, que estreou no topo da Billboard 200 com o disco "Mind Of Mine". Com as vendas e os números de streaming que o disco conseguiu, "Pillowtalk", carro-chefe do disco, voou à 4ª posição depois de uma semana lá embaixo, em 8º. Isso deu um grande fôlego ao single, que estreou há 9 semanas lá no topo da tabela, mas que vem caindo de desempenho semana após semana.



3º lugar
"No", Meghan Trainor (+3)
Última semana: 6º / Semanas na parada: 4

A gente já começa a se questionar se o destino de "No" é o topo da Billboard. Quatro semanas depois da estreia, "NO" já está no pódio graças a um arraso nas vendas: foi a segunda música que mais vendeu essa semana e subiu horrores no quesito streaming. Nas rádios, o desempenho continuou igual (#12), mas tende a aumentar conforme a divulgação da música. A gente não aposta nada ainda, mas é bem provável que o novo hit de Meghan Trainor seja daqueles que hitam horrores, mas que são barrados por algum força maior (no caso, "7 Years" de Lukas Graham, que deve alcançar o topo na próxima semana).



2º lugar
"7 Years", Lukas Graham (+1)
Última semana: 3º / Semanas na parada: 10

Alô? A gente queria te dizer que os garotos da Lukas Graham são os novos hitmakers dos EUA e estão prestes a destruir o reinado de Barbados (te cuida, Rihanna). Isso porque "7 Years" tomou a liderança das vendas, continua bombando com os streamings e cresceu absurdamente nas estações de rádios nesses últimos dias. Resultado? Uma vice-liderança que logo pode virar um number 1. A gente não duvida. Inclusive, está apostando que isso pode acontecer já na próxima semana. No máximo na outra.



1º lugar
"Work", Rihanna feat. Drake (=)
Última semana: 1º / Semanas na parada: 9

Rihanna chega a sua sétima semana no topo da Hot 100 e "Work" já pode ser considerado um dos maiores hits da barbadiana nos EUA. Rainha dos Streamings (#1 há, sei lá, MUITAS SEMANAS), ela sofreu com a queda das vendas (agora #5), mas chegou ao 2º lugar na audiência das rádios e, muito provavelmente, chega ao topo já na próxima semana. Com isso, o single pode ganhar um fôlego e compensar o número das vendas, mas dependendo do desempenho de "7 Years", esta pode ser a última semana do reinado trap de "Work".

Tecnologia do Blogger.