Um dos shows mais aguardados por nós no Lollapalooza 2016 é da cantora Halsey!

Já parou pra olhar no calendário? Faltam poucos dias para o Lollapalooza Brasil 2016 e, sendo assim, estamos bem pertos de conferir alguns dos melhores e maiores shows desse ano no país.

Ouça as músicas da Halsey e outras atrações do Lolla 2016 na playlist “It Popalooza”, no Spotify!

Pra quem não lembra, essa line-up do Lolla está recheada de atrações incríveis, da Florence + the Machine ao Jack Ü, mas alguns dos nossos artistas mais aguardados não estão entre os headliners do evento, como é o caso da cantora Halsey.



Dando uma olhada no que a americana faz hoje, com os trabalhos do seu disco de estreia, “BADLANDS”, e uma sonoridade facilmente comparável a artistas como Lorde e Ellie Goulding, não dá nem pra imaginar que ela, que na verdade se chama Ashley (ela apenas inverteu as letras do seu primeiro nome, percebeu?), começou a fazer seu nome com covers de artistas tipo Taylor Swift e One Direction pelo Youtube, mas muito se engana se você enxerga suas canções distantes desse nicho pop.



Em seu disco de estreia, que já contou com singles como “Ghost”, “New Americana” e “Hurricane”, Halsey parece traçar uma carreira semelhante ao que assistimos com a Ellie Goulding entre os discos “Lights” e “Halcyon”, enquanto agrada os fãs dessa proposta mais alternativa, mas com um pé bem firme nesse cenário pop mainstream.

Uma boa prova disso é a recente parceria dela com o Bieber, em “The Feeling”, do disco “Purpose”:



Sem falar em seus covers que, desde o começo da sua carreira, sempre foram para artistas bem distantes do que ela apresenta atualmente. Seu mais recente, para a BBC Radio 1, misturou “The Sound”, da banda The 1975, com “Die Young”, da Kesha (como uma referência à campanha #FreeKesha):



Ela também já cantou “Birthday”, da Katy Perry, numa versão irreconhecivelmente melhor que o single lançado pela californiana:



Nos presenteou com essa maravilhosa versão de “Love Yourself”, do Justin Bieber, carinhosamente apelidada por “Fuck Yourself” (agora a música fez mais sentido!):



Aliás, ela adora cantar Justin Bieber! Fora “Love Yourself” e sua parceria com o canadense em “The Feeling”, ela também já cantou “What Do You Mean”, num mashup com “Often”, do The Weeknd:



E seu histórico de covers ainda traz 5 Seconds of Summer, Ed Sheeran, Bastille, The Killers e Zedd. Será que rolará alguma versão durante seu show no Brasil?

Mas fora suas versões, nossa ansiedade para assisti-la também se dá por conta de músicas do seu próprio repertório, é claro. Imagine, por exemplo, como “Ghost” deve ser INCRÍVEL ao vivo!? E ainda tem “Colors”, “Strange Love”, “Roman Holiday”, “Young God”... Durante sua apresentação para o Spotify, em Nova York, ela nos deu uma boa noção disso:





E, por essas e outras, vamos ao festival com a certeza de que descobriremos uma nova religião no momento em que essa mulher subir ao palco, assim como foi com a Lorde no Lollapalooza de 2014 e St. Vincent em 2015. Já virou tradição.


O It Pop é um dos Embaixadores Oficiais do Lolla 2016, que acontece nos dias 12 e 13 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, e os ingressos para os dois dias do festival estão disponíveis no site da Time for Fun.

Tecnologia do Blogger.