Você precisa escutar “IOU”, o incrível novo single da cantora Annabel Jones

Quando a neozelandesa Lorde caiu no nosso radar, a surpresa foi inevitável por diversas razões, e uma delas foi o fato da menina trazer uma sonoridade extremamente singular e, mesmo sob seus quês alternativos, de uma forma estruturalmente feita para conquistar as massas.

Lorde foi uma das artistas mais espertas que conquistaram seu espaço ao sol nos últimos anos e, por essa razão, sempre vimos um futuro promissor para a moça, assim como David Bowie, que afirmou ser ela a “voz da nossa geração”, e a sensação que tivemos ao escutar “Royals” pela primeira vez se repete em 2016, enquanto ouvimos “IOU”, da cantora Annabel Jones.

A britânica, que estreou no ano passado com o single “Magnetic”, já vinha conquistando seus primeiros fãs pela internet, mas não fazíamos nenhuma noção da sua existência até que recebemos um email com sua música nova e, claro, não hesitamos em compartilhar o grande achado.

A música, que tem tudo pra torná-la uma grande coisa pelos próximos anos, estreou como gente grande, direto na programação da BBC Radio 1, e nesta sexta-feira (05), com a sua chegada ao Spotify, deve rodar os blogs ao redor do globo com resenhas que apenas confirmarão o óbvio: todos devem dar um pouquinho de atenção pra essa menina.


“IOU” parece te convidar a descobrir mais sobre a canção em cada um dos seus segundos. A estrutura, misteriosa, não revela o melhor da música por completo por trechos específicos, fazendo com que você queira consumi-la por completo e, só assim, digerir sua proposta na íntegra. Annabel, ainda que esteja apenas em seu segundo single, parece estar bem ciente da força que a canção tem e, com um arranjo que nos lembra artistas como Regina Spektor, Robyn e a já citada Lorde, vem disposta a mudar a música.
“Sinto como se as estrelas pop [da atualidade] tivessem se esquecido que eles carregam uma responsabilidade”, disse Jones. “Eu não quero fazer algo para as pessoas se sentirem vazias. Quero que eles se sintam cheio de significados.”
“IOU” abre os trabalhos de Annabel Jones com seu EP de estreia, “Libelle”, que ainda não possui previsão de lançamento mas, definitivamente, queremos que esteja entre nós o quanto antes.
Tecnologia do Blogger.