A gente precisa falar sobre o promissor retorno de Taemin, do SHINee, que pretende salvar o k-pop


O k-pop precisa de um boom há muito tempo, né? Talvez os nomes mais promissores nessa nova gama de artistas são MAMAMOO e SEVENTEEN, em que um é marcado por vocais absurdamente maravilhosos, e outro que está tirando a própria empresa do vermelho. Para não passar despercebido, a gente não pode esquecer do EXO, que apesar de não inovar ou trazer algo que seja extremamente relevante ao k-pop musicalmente, os caras de "Wolf" vendem pra caramba.



A SM, empresa responsável pelo Super Junior, pretende abalar um pouco as estruturas do k-pop, começando pelo surtado NCT, uma boyband com um número de membros infinito, que atuará mundialmente através de sub-units, e tem até planos envolvendo a América do Sul. Só que a empresa quer ir além, com um projeto de singles semanais em meio aos retornos principais, que contou com o lançamento de "Rain", da Taeyon. Entretanto, o projeto parece não vingar como deveria, porque já eramos para ter um segundo clipe na última semana, só que não rolou, aparentemente devido ao Ano Novo Chinês. Na próxima semana, o projeto volta a todo vapor com D.O (EXO) e sua "Tell Me (What Is Love)".

Além o surtado NCT e os singles semanais, a SM ainda deve cuidar dos grandiosos retornos, seja de grupos ou de carreiras solo. No ano passado, os solos não passaram despercebidos, com Jonghyun (do SHINee), lançando a maravilinda "Deja-Boo" (a gente ignora a escolha mal feita de single) e Taeyeon (Girls's Generation) com "I", que vendeu horrores, deixando a líder do Girls' Generation cada vez mais rica, ele é poderosíssima. Agora, em 2016, a gravadora pretende focar novamente em carreiras solo, trazendo de volta nosso querido Taemin. Vale ressaltar que o cantor não foi o primeiro a ter um comeback neste ano, sendo Ryeowook (SuJu) o pioneiro (com um debut, na verdade).



O ladrão de linhas debutou solo em 2014, com a controversa "Danger", que soa como algo descartado de seu próprio grupo, além de um conceito que ninguém engoliu. O cantor clamava para ser reconhecido como alguém maduro, alguém que cansou de ficar anos e anos mostrando uma imagem fofa que sua empresa tanto forçava. Apesar do empecilho, o garoto só conseguiu mostrar isso lá em "Pretty Boy", uma faixa aleatória de "ACE", do EP de estreia.

Em 2015, o garoto era especulado para voltar com algo novo. Mais que especulado, na verdade. O intérprete de "Play Me" dava dicas ou acabava falando mais do que deveria em fansigns, dando a entender que estava preparando algo. Lá para o final do ano, a mídia sul-coreana dava como certo o comeback do guri (para aquele ano mesmo), que já estava escolhendo as faixas para o CD. 2015 acabou e o retorno de Jesus acabou ficando para 2016, na próxima semana desse mês.


Foi um tiro que tomamos no domingo, quando uma imagem toda misteriosa surgiu na web, uma espécie de poster com uma foto emoldurada de Taemin, junto do cronograma de divulgação do novo álbum além e até o lançamento do clipe principal. Hoje, um teaser do MV; no dia 22, um pré-lançamento, com direito a vídeo especial de dança, além de uma prévia da primeira parte do CD; no dia 23, o clipe e o lançamento de outra prévia do CD, junto com seu lançamento oficial (provavelmente em horários distintos); e, por fim, nos dias 24 e 25, dois vídeos de dança para a faixa-título. Um tapa na cara dos próprios fãs que vivem dizendo que a empresa não dá uma foda para o grupo, e que o mesmo acaba sendo prejudicado.

Se tal tiro não foi suficiente, ontem acabou sendo revelado o nome do álbum e da canção que será pré-lançada: "Press It" e "Drip Drop". Só que nada foi feito num simples pôster com o Taemin, mas sim com um pôster com dois Taemins, num quase-beijo. QUE? A gente ainda está tentando entender se é apenas um Taemin (no estilo "I" de ser) ou se deu a louca na SM e ela está promovendo o incesto (no caso, seriam gêmeos), além de apoiar a homossexualidade. Podemos estar viajando bastante, mas seria bem choque, em partes.

E se ainda nada disso é uma grande prova de que o Taemin está disposto a trazer algo bem significante ao k-pop, saiba que o próprio escreveu a letra do single, que ainda conta com a produção de ninguém menos que Bruno fucking Mars e Stereotypes, que tem um dedo em "Somebody To Love", do Justin Bieber. Ah!, ainda acontecerá o lançamento da canção com vocais em japonês para agradar as pikachus, sendo uma espécie de debut por lá.

Para finalizar, o cantor soltou hoje a prévia de "Press Your Number", que abraça todo o lado maduro que o garoto sempre quis agarrar. A gente nem se surpreende com tal maturidade, porque, após 7 anos, o SHINee lançou algo fora de sua zona de conforto como single, e não é a primeira vez que o próprio Taemin tenta lançar algo adulto, mas como falamos lá em cima, não deu muito certo. Agora vai?



A gente deve voltar a falar de Lee Taemin aqui no blog no próximo dia 23, que é quando o clipe e o disco (que contará com 10 faixas) estarão disponíveis na rede mundial de computadores. Nós mal podemos esperar para ver o que vem pela frente, e vocês?
Tecnologia do Blogger.