Roteirista confirma: "X-Men: Apocalipse" é o maior filme da franquia dos mutantes


A franquia X-MEN diferente do "Quarteto Fantástico", foi algo que funcionou extremamente bem no cinema, sendo sucesso de crítica e publico com todos os seus longas.

A nova trilogia que começou lá com ‘Primeira Classe’ ganha seu capitulo de desfecho no dia 26 de maio, e segundo o roteirista e produtor Simon Kinberg, é o maior momento na história dos mutantes, o filme mais grandioso.

“X-Men: Apocalipse” vai contar a história dos mutantes quando ainda estavam em ascensão . Na trama eles irão lidar com uma ameaça/ mutante chamado Apocalipse, que tem o intuito de criar uma nova ordem mundial, fazendo assim que toda a humanidade corra perigo.

“Ele está mais interessado na sobrevivência dos mais aptos. Para ele, os mais fortes, não importa quem eles sejam, devem sobreviver e fazer do mundo essencialmente um lugar melhor”, disse o roteirista sobre a motivação do vilão para querer purificar a terra com uma nova ordem mundial.

O diretor ainda contou sobre o futuro da franquia, já que o último filme ‘Dias de um Futuro Esquecido’, bagunçou (apagou) totalmente tudo que achamos ter ocorrido até o terceiro filme da franquia.

“Nós fizemos coisas radicais e malucas nesse filme, ao criarmos uma nova linha do tempo. Meio que quebramos a linha do tempo estabelecida em X-Men 1, 2, 3 e dos filmes que vieram depois ao criarmos uma espécie de nova história para os X-Men. Agora que fizemos isso, é muito importante continuarmos contando essas histórias… sabendo que o único destino, no final das contas, é aquele vislumbre na mansão Xavier no final de "Dias de um Futuro Esquecido”. Será que dessa vez teremos uma explicação para a volta do Professor Xavier. Ou para o surgimento repentino dos novos poderes da Kitty?

Essas são respostas que podem chegar agora, ou podem ser respondidas apenas nos próximos capítulos já confirmados da franquia, que segundo o roteirista serão uma fase totalmente nova dos mutantes.

Tecnologia do Blogger.