Azealia Banks fala sobre música nova do Macklemore e, acredite, DEFENDE Iggy Azalea!

Nós ainda temos muito o que falar sobre “White Privilege II”, a música nova que o Macklemore & Ryan Lewis lançou nesta sexta-feira (22), promovendo seu segundo disco, “This Unruly Mess I’ve Made”, e esperamos ter mais oportunidades para falarmos disso conforme outras coisas do disco forem surgindo.

Entretanto, desde que a música saiu, antes mesmo de escutá-la, nosso pensamento foi apenas um: o que Azealia Banks vai achar disso?



A gente sabe que muitos ainda questionam as discussões da rapper e, de certa forma, não conseguimos deixar de achar engraçado o fato de que “White Privilege II” fala, basicamente, sobre tudo o que a moça vem tentando nos avisar há um bom tempo, sendo assim, estávamos realmente ansiosos pelo seu posicionamento e ele aconteceu.



Em seu Twitter (que surpresa), Banks pediu: 

“Ei pessoal, vocês podem, por favor, não aplaudir o Macklemore por umas merdas que os artistas negros têm falado há anos? Eu quero dizer, obrigado pelo apoio, mas apenas saber que o Macklemore ‘admite’ seu privilégio branco é eclipsar a real discussão sobre negros e o entretenimento. Eu não preciso e nem quero que Macklemore fale por mim. Sinceramente.”
E, desta vez nos surpreendendo de verdade, a rapper ficou na defesa da Iggy Azalea, que é citada na canção, afirmando que foi bastante misógino da parte de Macklemore atacá-la, enquanto, como a maioria dos rappers, ignora o fato de Eminem também ser branco e ser vangloriado no hip-hop.

“Aliás, isso foi super misógino... Por que ir contra essa garota de novo? Se o Macklemore realmente quer fazer alguma diferença, ele irá contra o Eminem. Eu aposto que ele não fará isso. Sem shades, eu realmente quero ver dois rappers brancos se pegando. E espero que a mídia possa instigar isso de alguma forma, então poderei assistir à isso.”
Nos tweets seguintes, provavelmente respondendo a críticas, a hitmaker de “Idle Delilah” disse que gosta de vários rappers brancos, mencionando Post Malone, Spooky Black, Machine Gun Kelly, Yelawolf e até mesmo Eminem, questionando, em tom irônico: “a Kesha conta? Porque eu também gosto muito da Kesha.”


Esse é um momento histórico em que, muito provavelmente, Iggy Azalea está pensando em algum freestyle que inclua as palavras “Azealia Banks” e “you go, gurl!”.

hos-ep2-2.gif (500×281)

Pouco antes de Azealia Banks falar sobre a canção, Iggy Azalea também se manifestou, em resposta a um fã, dizendo que Macklemore não devia posar ao seu lado e conversar amigavelmente durante eventos, se tinha essa visão tão negativa sobre o que ela representava.

“White Privilege II” é a segunda amostra do novo disco do Macklemore & Ryan Lewis, sucedendo o hit “Downtown”. A música, ainda que tenha seus pontos questionáveis, é um verdadeiro tapa na cara de muita gente, uma vez que fala sobre racismo, apropriação cultural, privilégio dos brancos e até o mesmo o caso de Michael Brown, o menino negro, de 18 anos, que foi assassinado por um policial nos EUA, mencionando nomes como Iggy Azalea e Miley Cyrus, mas reforçando, de maneira até contraditória, o fato do público preferir escutar sobre isso com eles, que são artistas brancos, além de mostrar a intenção da dupla em usar a sua música pra colocar esses assuntos em exposição. Confira a letra completa aqui.

O que você achou sobre o posicionamento da Azealia? E não vale discordar dela e concordar quando um outro artista branco disser a mesma coisa, RS.

[ATUALIZAÇÃO] Como contamos no primeiro post de “White Privilege II”, a música é uma sequência para “White Privilege”, lançada pelo Macklemore quando ainda em carreira solo, em 2005, e aí que, na sua letra, Macklemore fala de Eminem. Afirmando, “o hip-hop mudou muito desde o Eminem e se ele está tirando o lucro dos artistas negros, eu estou fazendo justamente o mesmo / Clamando uma cultura que não é minha”.

Ouça a música abaixo:

Tecnologia do Blogger.