2015 tornou-se o ano mais rentável para a indústria do cinema


O ano que passou pode não ter sido bom para muitas pessoas, entretanto o que não se pode negar é que 2015 foi um ótimo momento para o mundo da música — mesmo com a ausência do "ANTI" —, e também para o cinema.

Números e mais números comprovam essa nossa afirmação, pois segundo a Rentrak e a publicação da Varyety, pela primeira vez a indústria da sétima arte arrecadou US$ 38 bilhões ao redor do mundo.

Somente no ano passado, foram cino filmes que conseguiram bater a marca de arrecadação de mais de US$ 1 bilhão, sendo eles: “Minions”, “Vingadores 2”, “Velozes e Furiosos”, “Jurassic World” e “Star Wars - O Despertar da Força”.

O recorde é histórico para o cinema, e em comparação com 2014, que arrecadou US$ 36,4 bilhões, é um ótimo crescimento. E olha que esse número ainda não é o fechado, pois segundo a publicação, a contagem ainda está acontecendo e pode bater a casa dos US$ 40 bilhões.

A China é um dos lugares no mundo que ajudou a bater tais números, já que o país teve um crescimento de 50% de participação nas bilheterias com relação a 2014.

Nos próximos quatro anos são esperados que o país passe até mesmo a própria terra do Tio Sam em arrecadação, e com mais de um bilhão de pessoas + uma economia em ascensão, quem agradece são as distribuidoras e os estúdios cinematográficos.
Tecnologia do Blogger.