Segundo vice-presidente da Lionsgate, "Jogos Vorazes" pode voltar aos cinemas através de prelúdios


No último mês de novembro, a franquia "Jogos Vorazes" chegou ao seu suposto fim com "A Esperança - O Final", dividindo opiniões assim como a sua primeira parte. Demos adeus à Katniss e a uma caralhada de personagem, só que, na verdade, demos um breve "beijinho, beijinho, tchau, tchau", porque a franquia realmente pode voltar num futuro próximo. Mas calma lá, não ganharemos uma continuação direta. Graças a deus em nome de Jesus, amém.

Não é a primeira vez que tal possibilidade vira assunto a ser discutido. O diretor dos 3 últimos filmes, Francis Lawrence já disse que dirigiria um novo longa. Mas agora chegou a vez de Michael Burns, vice-presidente da Lionsgate, que em entrevista ao Hollywood Reporter disse que a saga deve "continuar viva", assim como "Harry Potter" está. Vem prelúdio aí? Tudo indica que sim, voltando com os jogos e as famosas arenas.

"A única coisa que as crianças disseram sentir falta [do começo da franquia] é que não existem arenas [em relação aos dois últimos filmes] (...) Se voltarmos para trás, com certeza teremos arenas", contou o vice-presidente.
A ideia de retornar a franquia aos cinemas com os jogos é a mais obvia, claro, porém a de mais fácil execução. Entretanto, resta saber como tal execução será feita porque, por mais simples que seja, as chances de se tornar algo repetitivo são grandes. A proposta destes prelúdios é perpetuar a franquia o máximo possível, e recriar algo que já fora visto várias vezes não é a melhor opção.

Enquanto tais prelúdios não colocam a cara no sol, "Jogos Vorazes: A Esperança - O Final" já está nos cinemas, e liderando as bilheterias no Brasil pela terceira semana.

Tecnologia do Blogger.