Recap || X Factor UK 2015: o que eu, você e todo mundo já sabia, aconteceu... Louisa é a campeã da temporada!


E foi ao ar hoje (13), no UK, a grande final da temporada do X Factor.

No programa de sábado (12), tivemos as apresentações individuais dos finalistas da temporada e os duetos com convidados especiais.

Além disso, tivemos a apresentação do Rod Stewart, um dos maiores artistas da música; um dueto com dois vencedores do X Factor, Ben Haenow e Leona Lewis e uma explosão no palco com a junção das Little Mix e da Fleur East.

Depois de apresentações poderosas, a votação foi congelada e os apresentadores do programa anunciaram que Ché Chesterman havia ficado em último lugar na votação, sendo assim, o terceiro colocado da temporada.

Ché, grava logo um disco e volta pra minha vida. Já estou com saudades, tá? Beijos, PV!

Com Louisa Johnson e Reggie 'N' Bollie ainda na disputa, chegou a hora do último show da temporada com convidados especiais e performances emocionantes.

Confira o que rolou de mais legal (em mais um post colaborativo com Mike e PV) nesse super programa que coroou a grande vencedora da temporada.


Começamos a grande final com o retorno do Top 12 – sim, 12 mesmo, porque Mason Noise não compareceu e nem explicaram o motivo de sua ausência – cantando "Downtown", mais recente hino de Macklemore & Ryan Lewis.

Eu, Mike, não sou fã desse tipo de apresentação, mas devo reconhecer que, enfim, funcionou. Todos os solos foram muito bem (com destaque para as 4th Impact e Seann Miley Moore) e, como grupo, houve sincronia também.


Na sequência, tivemos os primeiros convidados da noite: a banda Coldplay. Não que necessitem tanto assim, mas nada melhor que promover um álbum recém-lançado dentro de uma audiência massiva e um dos maiores programas do UK. A escolha não poderia ser mais óbvia, senão o ótimo lead single "Adventure of a Lifetime". Performance empolgante, colorida e muito boa vocalmente de Chris Martin, que ainda teve a presença dos gorilas que ilustram o clipe da música, no lugar dos quatro jurados hahahahaha. Ótimo começar assim!

[vídeo ainda não disponível]

Então, chegamos na hora da competição voltar ao normal, com uma rodada tendo Louisa e Reggie 'N' Bollie cantando a música que mais marcou suas participações.


Reggie 'N'  Bollie - "What Makes You Beautiful"/"Cheerleader" (One Direction/OMI)

Começamos com a dupla, que escolheu bem sua performance favorita, levando o público de 10 mil pessoas presentes na Wembley Arena ao delírio. 


Ok, eles não são os melhores cantores, mas MUITO bons no que fazem de melhor, que é entreter o público.



Louisa - "It's A Man's Man's Man's World" (James Brown)

Entre tantas performances excelentes, da candidata mais consistente da temporada, era meio óbvio que essa seria a escolhida, né? E Louisa DESTRUIU mais uma vez. 


Com vocais poderosos, coral e deslumbrante, foi realmente como Simon nos lembrou em seu comentário, que essa performance havia sido a melhor que viu em todos os shows que fez e que Louisa não era humana. Sim, Simon, te entendemos, amigo. Ela é um anjo.


Antes do intervalo, tivemos, talvez, um dos momentos mais marcantes e duros nesses anos todos de X Factor: a despedida oficial do One Direction, que também cantou.


Com depoimentos de vários fãs famosos, como David Beckham, Wayne Rooney, Little Mix (com Perrie falando #olhaoshade rs) e 5 Seconds of Summer, recebemos a notícia dada em primeira mão por Simon Cowell que, de fato, Harry, Liam, Niall e Louis darão uma pausa na carreira e que essa performance seria a última deles no palco do programa que os levou ao estrelato em 2010. 


Foi tudo muito, muito simbólico, e eles não disfarçaram a emoção. O problema é que, ao menos pra gente, ficou a nítida impressão que não era um "Até logo", mas sim um "Adeus!". Se estamos certos ou não, só o tempo dirá, mas farão falta!


Depois do baque com a despedida do 1D e do intervalo, voltamos com a última parte da competição, agora com os dois finalistas cantando o winner single da temporada: o clássico de Bob Dylan, "Forever Young".

É incrível como todo ano a produção consegue sabotar alguém na decisão, né? Ano passado já haviam diminuído as chances da fantástica Fleur East ao escolherem a pseudo-balada "Something I Need", do OneRepublic, como winner single. Agora, repetiram a dose com uma balada pra um act que só cantou uptempo hahaha. 


Obviamente foi horrível, porque exigia tudo aquilo que eles não são tão bons: vocais. E dava pra ver o desconforto dos dois ali, tadinhos, mesmo que se esforçando.


A versão de Louisa, por outro lado, foi muito superior, afinal, voz e extensão não faltam pra ela. Porém, vale a ressalva que esse winner single foi pessimamente escolhido, tanto que nem pra ela funcionou como deveria.


Antes do resultado final, tivemos a performance mais esperada da noite e aguardada por anos.

Desde que Adele anunciou o seu retorno, Simon declarou sua vontade de levá-la para a final dessa temporada do X Factor e nessa última semana, a produção anunciou uma performance da cantora durante o show da final.

Por questões logísticas, Adele gravou sua participação que foi exibida no último bloco do programa, antes do grande anúncio do grande anúncio da noite.

Como a gente já esperava, Adele fez uma apresentação maravilhosa para seu smash single "Hello". Com um vestido preto lindo e o cabelo mais curto, a cantora se colocou ao centro do palco e soltou a voz. Usando toda sua potência, Adele trouxe ainda mais emoção ao palco da final e nos lembrou porque é uma das cantoras mais bem-sucedidas da nossa geração.


E como se tudo isso não bastasse, Adele ainda encerrou a apresentação com uma gargalhada deliciosa. Após sua participação, a cantora revelou que quase teve uma crise de riso. A gente adoraria saber o motivo. Se bem que se a gente fosse a Adele, também estaríamos gargalhando à toa por aí.

Ao ser questionada pelo apresentador Olly Murs, Adele ainda declarou que sua torcida nessa temporada era para Lauren, quarta colocada da temporada.

Se eu fosse a Lauren, eu bem colocaria essa declaração da Adele na Intro do CD. Se a rainha abençoou, só pode ser sucesso, gente.

[vídeo ainda não disponível]

E, enfim, chegamos à hora da verdade, para conhecermos o grande vencedor da temporada 2015 de The X Factor.

Sem surpresas, o prêmio ficou coma dona da temporada, Louisa.

O que é bem merecido, por sinal, e por vários motivos: foi, de longe a mais consistente da competição, não fazendo uma performance fraca (nem mesmo quando gripada); o resultado coroa também a brilhante temporada de estreia de Rita Ora, que fez um trabalho impecável como jurada, mentora e, principalmente, pessoa. Sério, tínhamos certas objeções contra ela, reconhecemos, mas saímos dessa temporada olhando pra ela de outro jeito. Estamos muito apaixonados e queremos renovação de contrato pra ontem. Agiliza, Simon!; outro fato marcante da vitória de Louisa, foi o fato de uma Girl quebrar a maldição que pairava sobre a categoria desde 2008 (último ano em que uma venceu, com Alexandra Burke). Sério, parece pouco, mas pra fãs do formato e que se jogam nessa competição maluca, representa muito. E não poderíamos estar mais felizes!


Ano que vem, nos veremos em mais uma temporada de X Factor por aqui, para revivermos todo o drama, euforia e expectativa mais uma vez. E ahhhh, fiquem ligados, porque planejamos novidades na coluna já no começo de 2016. Mas isso contaremos em breve #ItPopESeusMistérios hahahaha.

Por fim, fica aqui o nosso agradecimento aos nossos amados leitores, que compraram, pela segunda temporada seguida, essa ideia de Recap aqui no It Pop. Sério, gente, vocês são demais! <3
Tecnologia do Blogger.