Já dá pra ouvir “Cheap Thrills”, música nova da Sia e, sabe-se lá a razão, descartada pela Rihanna

Falar na Sia e seu novo álbum, “This is Acting”, é falar sobre um tiro atrás do outro. Com exceção de “One Million Bullets” que, até aqui, foi a canção menos excitante do disco, pode-se dizer que a australiana tem uma metralhadora de hits em mãos e, após “Alive” e “Bird Set Free”, descartadas pela Adele, chegou a vez de conferirmos a primeira música recusada pela Rihanna.

Pensada para o novo disco da barbadiana, “ANTI”, e produzida em parceria com o Greg Kurstin (Lily Allen, Ellie Goulding, Katy Perry), o novo single promocional de Sia é a música “Cheap Thrills” e, TAQUEPARIU, que coisa maravilhosa!

Quando o conceito do “This is Acting” foi revelado, com essa ideia de ser um disco com músicas para outros artistas, era esperado que Furler saísse da sua zona de conforto, uma vez que estaria cantando músicas que não pertenciam realmente a ela, mas, até aqui, tudo o que tivemos foram baladinhas que facilmente estariam em seu último CD, “1000 Forms of Fear”, sendo essa a primeira surpresa de verdade no disco.

“Cheap Thrills” talvez seja a investida mais radiofônica da australiana desde “Bang My Head”, sua última colaboração com o David Guetta, e assim como a versão single dessa última, investe numa sonoridade bem próxima do que o Skrillex e Diplo levaram às rádios com músicas como “Sorry”, do Justin Bieber, e “Lean On”, do Major Lazer, o que, acredite, faz dela uma das nossas coisas favoritas desse final de ano.

Assim que foi lançada, “Alive” provou ser uma música perfeita pra Adele, de certa forma, até parodiando os trejeitos musicais da britânica, e no caso de “Cheap Thrills”, o mesmo acontece, só que aplicado a Rihanna. É quase que um encontro do lado mais pop da cantora, de músicas como “Only Girl” e “Don’t Stop The Music”, com as vezes em que ela se encontrou com o reggae, em “Man Down” e “No Love Allowed”, só que carregando uma despretensão que soaria bem ao lado de “We Found Love” ou “Where Have You Been”. A pergunta que fica é quanto as razões que a fizeram descartar a canção.

A música nova será lançada no iTunes pela manhã desta sexta-feira (18), mas tocou nesta tarde na rádio da BBC, no Reino Unido, consequentemente ganhando também a internet. Ouça:


De acordo com a Sia, o álbum “This is Acting” conta com outras músicas descartadas por Rihanna, incluindo a inédita “Reaper”, composta em parceria com o Kanye West, que assina a produção executiva do CD “ANTI” e até mesmo faria uma participação na música. 

Em contrapartida, a australiana também revelou que, recentemente, Rihanna foi até sua casa, procurando por novas composições, e terminou levando quatro inéditas para esse novo disco. Será que teremos algo com tanta cara de smash hit quanto “Cheap Thrills” ou outras baladinhas à la “Diamonds”?

O novo álbum da Sia será lançado no dia 24 de janeiro e, fora as músicas descartadas por Adele (“Alive” e “Bird Set Free”), Katy Perry (“One Million Bullets”) e Rihanna (“Cheap Thrills” e “Reaper”), também deve trazer recusadas por outros artistas, incluindo a cantora Beyoncé.

sia.gif (245×210)

Ah, mashups com “Keep On Dancing”, da Ellie Goulding, e “Sorry”, do Bieber, são super bem vindos.

Tecnologia do Blogger.