Jay-Z tem 99 problemas e a Apple Music é um deles: nova atualização da plataforma deverá bater a “alta qualidade” do Tidal


O lado empresário de Jay-Z não está passando por uma boa fase. Além de enfrentar um processo de Rita Ora, de tentar entregar o oitavo disco de Rihanna, e o novo disco de Beyoncé, o rapper tem que cuidar de sua plataforma de streaming, Tidal, que não tem sido um grande sucesso para ele. E, pelo visto, a situação não vai mudar muito. O rumor da vez é que a Apple estaria com planos de iniciar um streaming de alta qualidade, até então exclusividade do Tidal, com objetivo de superá-lo.

Quando Jay-Z resolveu comprar o serviço de streaming e relançá-lo, ele contratou um time poderoso de artistas para organizar um evento de inauguração, onde os artistas assinariam um contrato “ao vivo”, dando apoio à plataforma. Dentre os artistas convidados estavam: Rihanna, Nicki Minaj, Alicia Keys, Beyoncé (claro), Kanye West, e mais uma longa lista de grandes artistas. Além disso, foi anunciado que ele traria um streaming de alta qualidade para seus usuários, que teriam a impressão de estar ouvindo um CD, em vez de um streaming em si. A tecnologia, chamada “Lossless”, seria implementada com o relançamento do serviço de streaming, trazendo uma frequência de aúdio de 16-Bit/44.1kHz, até então considerada a mais superior. Isso geraria uma qualidade de 1411kbps na audição, quase quatro vezes o oferecido pelo seu maior competidor, Spotify, de 320kbps.

Acontece que todo esse bafafá não foi o suficiente para que o Tidal vingasse, já que, como o próprio Jay-Z disse, a plataforma ainda não atingiu o número esperado de assinantes. O que já estava mal se mostrou pior quando a Apple anunciou que também entraria no ramo de streaming, lançando o Apple Music, se tornando mais um grande competidor do Tidal.

Agora, para enterrar de vez o serviço do Jay-Z, parece que a Apple também estaria planejando lançar uma tecnologia similar à reprodução de alta qualidade do Tidal para o Apple Music, com uma única exceção: é superior. Sim, segundo boatos, a Apple tem intenção de colocar streamings de até 24-bit/96kHz. Aliado à alta qualidade de seu streaming, a empresa já disse que pretende lançar fones de ouvido com entrada Lighting (a mesma usada nos carregadores dos aparelhos mais recentes da empresa), diferente da mais comum, de 3.5mm de diâmetro. Segundo a empresa, isso geraria uma melhora absurda na qualidade de suas músicas.

A empresa da maçã ainda não confirmou os rumores, assim como Jay-Z não comentou nada sobre uma estratégia para rebater a nova tecnologia. Mas, caso se confirme, provavelmente ouviremos mais sobre a alta definição de músicas nos próximos meses. Só sabemos que, se a maré de streaming está alta, não é o Tidal que está tirando onda.


Tecnologia do Blogger.