Nada de viajar de avião nesse fim de ano: Rita Ora está processando o rapper Jay Z e sua gravadora, Roc Nation, por abandonar divulgação de seu álbum

E as coisas continuam não indo bem para o rapper Jay Z. Depois de fracassar com sua plataforma de streaming, Tidal, lançada como uma concorrente de outras como Spotify e Apple Music, brigando também com a funcionalidade do iTunes, entre outras coisas, o cara terá que responder por um processo da cantora Rita Ora, que afirma ter sido abandonada por sua gravadora, Roc Nation.

Há anos na espera pelo lançamento do seu disco de estreia nos EUA, Rita Ora foi contratada pela Roc Nation aos 18 anos, antes mesmo que tivesse qualquer música lançada, e nos bastidores da gravadora, foi preparada para estrear no mundo da música. No Reino Unido, a cantora foi muito bem aceita, com hits como “R.I.P.” e “How We Do (Party)”, o que facilitou o lançamento de um álbum por lá, sendo esse o “Ora”, mas, nos Estados Unidos, as coisas continuaram tão boas como estão pra Nicole Scherzinger.

Aí que, com um disco em produção, já contando com os singles “Poison” e “Body On Me”, além de prometidas parcerias com Wiz Khalifa e Ed Sheeran, Rita Ora foi largada na Sony Music, enquanto a Roc Nation passou a distribuir os lançamentos da Universal e, segundo o processo da cantora, sequer tem arcado com os custos das produções de suas músicas, clipes e até mesmo aparições na televisão.



No processo, a cantora ainda alega que a Roc Nation tem focado nos esportes, deixando de lado seus investimentos musicais, e conforme esses executivos dispersam seus interesses, seus trabalhos continuam ficando de lado, o que torna sua relação com eles “irremediavelmente danificada”. Essa não quer mais viajar de avião, né?

Ainda não se sabe quais serão os próximos movimentos da cantora, bem como qual será a saída escolhida por Jay Z e sua gravadora, mas tendo em vista que o processo já se tornou público, o mais provável é que ambos os lados hesitem em ceder à vontade do outro, o que pode fazer com que Rita Ora se torne mais uma artista lutando contra uma gravadora por anos, como assistimos atualmente com Kesha e o processo contra Dr. Luke e a gravadora Kemosabe, pela qual a cantora ainda é obrigada a lançar cinco álbuns.



Em 2016, é esperado que a Roc Nation se torne mais ativa quanto aos seus lançamentos musicais, uma vez que eles são os responsáveis pela distribuição de álbuns como o aguardado “ANTI”, da Rihanna, bem como os novos discos de Kanye West, Beyoncé e até a brasileira Claudia Leitte, que deve fazer sua estreia internacional ao lado da gravadora.
Tecnologia do Blogger.