Recap || X Factor UK 2015: Com uma eliminação que está dividindo opiniões, o programa definiu o Top 4


Foi ao ar ontem (29), no UK, os results para a performance do Top 5.

Durante a nossa recap do último liveshow, destacamos a consistência da Lauren e apostamos ainda que Louisa e Reggie ‘N’ Bollie passariam longe do bottom. Ficamos em dúvida se aquele branco assustador prejudicaria o Ché ou garantia mais votos para a sua permanência e que, provavelmente, sobraria pro 4th Impact o bottom da semana.

Vamos conferir tudo que rolou no programa e descobrir se conseguimos acertar nas previsões dessa semana?

Logo no começo do programa, tivemos a tradicional apresentação dos candidatos que ainda estão na competição. Os candidatos apresentaram uma versão pra um clássico do Michael Jackson, “Eart Song”. Logo no começo da apresentação já pudemos respirar aliviados: a voz da Louisa não falhou e Ché aprendeu direitinho a letra (ufa!). Como de costume, todos tiveram seu momento e com um coral no palco, o grupo fez uma apresentação bem gostosa pra música.



Dando continuidade ao show, recebemos a primeira convidada da noite, Carrie Underwood. Acostumada com esse tipo de pressão, a cantora que venceu a quarta temporada American Idol soltou a voz numa apresentação para “Heartbeat”, seu novo single. Carrie confessou ainda que se sente intimidada ao cantar para o Simon (que era um dos jurados do American Idol na época em que Carrie participou) e aconselhou os candidatos a pensarem que aquela pode ser a sua última semana.

[Ainda não temos o vídeo da apresentação]

Antes de anunciar os resultados, recebemos os últimos convidados da noite. Rita Ora se juntou ao duo Sigma para uma apresentação deliciosa de “Coming Home”, single da dupla em parceria com a cantora. Numa apresentação cheia de energia, Rita Ora dominou o palco e deu um verdadeiro show. Rita contou ainda que estava muito animada por cantar no programa e que revelou aos candidatos que, nessa semana, eles estariam na mesma posição. Uma querida, né, gente? Já torcemos pra que renovem seu contrato pra próxima temporada.

[Ainda não temos o vídeo da apresentação]

E como não tem como fugir do momento mais tenso da noite, hora de conhecer o resultado da votação. Com os jurados e seus respectivos candidatos no centro do palco, Olly Murs anunciou o primeiro candidato que garantiu sua vaga no Top 4: Ché Chesterman. O candidato e seu mentor comemoraram muito o resultado, afinal, depois daquele apagão, era esperado um resultado bem pior pro Ché. Muita gente achou injusto o cara passar assim, direto pro Top 4, mas como esse blogueiro aqui tem uma queda pela voz (e pelo sorriso) do Ché, deixamos um recado rápido do Nick antes de continuar:



Na sequência, como a gente já esperava, Louisa e Reggie ‘N’ Bollie foram salvos e garantiram suas vagas no Top 4. Com isso, acertamos o bottom para as meninas do 4th Impact, mas admitimos o choque e a revolta em ver Lauren ali. Certamente, ela não merecia. Não depois de duas apresentações poderosas na noite anterior.  

Para defender sua permanência no programa, as meninas escolheram “And I Am Telling You I’m Not Going”. Como não dá tempo pra uma apresentação com uma grande produção, o grupo optou por uma balada pra mostrar sua qualidade vocal. Quem estava com saudades de todas as manobras vocais do 4th Impact deve ter ficado super contente com a apresentação.



Na sequência, Lauren subiu ao palco e optou por um clássico da Mariah Carey, “Vision Of Love”. Agora a gente tem certeza que essa linda lê o It Pop e quis mostrar pra gente que Mariah pode funcionar tão bem pra ela quanto Ariana Grande. Se já estávamos achando sua ida ao bottom injusta, ficamos inconformados depois dessa apresentação. Lauren deu um show e fez uma apresentação emocionante pra defender a sua ida ao Top 4.  


Durante a votação, Rita e Cheryl defenderam suas cândidas, mandando 4th Impact e Lauren pra casa, respectivamente. Nick defendeu a permanência de Lauren no programa e Simon resolveu mandar Lauren pra casa, levando o programa a mais um deadlock. Com isso, mais tensão no palco. Instantes depois, foi anunciada a saída do 4th Impact.  


Mesmo com a alta popularidade do grupo nas redes sociais, não ficamos surpresos com a eliminação. Elas foram bem durante a competição e conseguiram diversificar, mas faltou brilhar, sabe? Principalmente nas apresentações dessa semana. Infelizmente, a individualidade delas não foi tão bem trabalhada e não entendemos (tão bem) a proposta do grupo. Agora, fora do programa, acreditamos que, se bem orientadas e com o repertório certo, o grupo pode funcionar.

Na semana que vem voltamos pra recap dos shows e do programa de eliminação que irá definir os três finalistas dessa temporada. E gente, vou pedir um favor pra vocês: se o Mike voltar aqui e falar mal do Ché, vocês me contam tudo? Obrigado! lol

(eu sei, eu sei. Tem muita gente que concorda com ele e não suporta o Ché)

Até semana que vem, gente!  

Tecnologia do Blogger.