Lady Gaga, Sam Smith e Wiz Khalifa são os favoritos a levarem o Oscar de "Melhor Canção Original"

Fim do ano já chegou e o que isso significa? Antes, significava mais um álbum da Rihanna, mas em tempos onde a ex-cantora e atual modelo não dá mais sinal de vida, significa o aquecimento para a corrida do Oscar 2016. A lista oficial com os indicados sai em 14 de janeiro, porém as previsões já estão bombando na rede mundial de computadores.

Nós adoramos a premiação, tanto que anualmente fazemos nosso Especial Oscar com críticas para os indicados na categoria "Melhor Filme", mas agora vamos falar de música. Apenas duas categorias são voltadas para ela, "Melhor Trilha Sonora" e "Melhor Canção Original", e as previsões para esta última estão lindas.

O site Spoiler Movies publica mensalmente uma previsão para os futuros indicados/favoritos através de uma amostragem estatística de vários oscarbuzzers, critica, premiações precedentes e festivais internacionais. Tudo ainda é especulativo e, claro, pode ser completamente diferente da lista final, porém os rumos são os seguintes:

"Til It Happens To You", canção de Lady Gaga para o documentário "The Hunting Ground" aparece como a favorita da categoria. Outros nomes marcantes são Wiz Khalifa com o hit "See You Again", canção em homenagem a Paul Walker em "Velozes e Furiosos 7", e Sam Smith com "Writing's On The Wall", tema de "007: Spectre".


É válido lembrar que o prêmio desta categoria não vai para o intérprete da canção, e sim para seus compositores - Idina Menzel não levou o Oscar por "Let It Go", como muitos pensam, já que ela não a escreveu -, mas fiquemos tranquilos: todos os intérpretes das músicas citadas são também os compositores, ou seja, caso ganhe, o Oscar de "Til It Happens To You" será de  Diane Warren e Lady Gaga; o de "See You Again" iria para DJ Frank E, Charlie Puth, Wiz Khalifa e Andrew Cedar; e o de "Writing's On The Wall" para Sam Smith e Jimmy Napes.


De primeira pensamos "Ah, Wiz ganhou então", já que "See You Again" é, entre as citadas, a faixa com o maior sucesso comercial: #1 na Hot 100 por 12 semanas, recorde de faixa mais executada em um só dia no Spotify, vídeo com mais de 1 bilhão de visualizações, mais de 3,5 milhões de cópias vendidas apenas nos EUA, et etc etc. Mas não podemos esquecer de "Happy", aquela música do Pharrell que ninguém mais aguenta ouvir, vendeu mais de 6,4 milhões de cópias na Terra do Obama e ainda assim não ganhou o Oscar. Sucesso comercial não é fator tão determinante assim para o Oscar como é para o Grammy.


Ainda temos tempo considerável até o fechamento das votações para a premiação, que acontece em 28 de fevereiro, mas já pensou Lady Gaga com um Oscar? Ou será que Sam Smith fará jus ao legado de Adele com "Skyfall" e novamente dar o Oscar para a franquia "007"? Vai que todo o mimimi oportunista de "See You Again" acabe convencendo os jurados, nunca se sabe, não é mesmo? Ou até mesmo nenhuma dessas ganhando? Rs. De qualquer maneira somos #TeamTilItHappensToYou na veia.

Acompanhemos os próximos meses para o capítulo final dessa novela. E tem o Grammy chegando também.
Tecnologia do Blogger.