9 motivos que fazem Effie Trinket a nossa protagonista da franquia "Jogos Vorazes"


Com parques de diversões temáticos prestes a serem construídos e os rumores de que a franquia estaria longe de chegar ao seu fim, nesta terceira semana de novembro daremos adeus aos personagens de "Jogos Vorazes". É hora de dar tchau ao Peeta, Finnick, Effie, Haymitch, Crescida, Gale, e Katniss, nosso tordo, nosso símbolo da revolução, que, apesar de ter cumprido seu papel como tal, não chegaria nem aos pés de outra personagem que, mesmo que secundária, roubava os holofotes para si com suas falas, trejeitos e algumas tiradas até que cômicas.

Estamos falando dela mesma, Effie Trinket. Ela, desde o começo, sempre foi a nossa protagonista e a gente selecionou 9 motivos que justificam isso.

1) Ela conquistou muitos logo com suas primeiras cenas. 


Até com aquela em que ela chama a protagonista para participar de um massacre. ♥

2) Effie nasceu com a pose de diva que Katniss teve que construir.


Como protagonista, em algum momento Effie teria de fazer carão, ser simpática e amigável com todos, principalmente no Desfile dos Tributos do 74º Jogos Vorazes. Para Katniss, aquilo foi um problemão, e só conseguiu cumprir o seu dever com a ajuda do Peeta. Já Effie conseguiria sozinha, e até ofuscaria seu próprio parceiro de Distrito.

3) Com ou sem suas perucas e vestidos extravagantes: ainda diva. 

4) As criações de Cinna nunca seriam um problema.

 

Por consequência de ser a nossa protagonista, Effie teria de usar as criações de Cinna às vezes. Diferente de Katniss, que reclamava antes mesmo de vestir suas roupas, a personagem contaria os minutos para chegar o momento de botar um vestidão e escolher sua melhor peruca para impressionar os outros. Na verdade, esse momento nunca chegaria, porque ela sempre estaria preparada com algum de seus vestidos e peruca dourada.

5) Revolta-se e fica indignada até com coisas simples.


Se a moça revoltou-se até com móveis danificados e indignou-se com o Peeta por não seguir os cartões, imaginem o que ela faria com a ditadura tirânica do Snow? Segurem essa garota.

6) Consegue lidar com situações problemáticas. Katniss não.


Um dos momentos mais tristes de toda franquia é a Colheita para o 75º Jogos Vorazes, com Katniss certa para voltar à arena, enquanto a cota masculina seria preenchida ou por Haymitch, ou por Peeta. Em tal cena, Effie seleciona os nomes, claramente triste, preste a chorar, mas ainda mantem a pose, e cumpre o seu papel. Caso fosse ao contrário, Katniss já estaria chorando e surtando.

7) Sempre pensa pelo lado positivo.


Desde "Jogos Vorazes", em que era apenas mais uma cidadã da Capital, Effie já tentava pensar pelo lado positivo por mais negativa que fosse a situação. Segundo ela, por exemplo, era um privilégio Katniss e Peeta terem sido sorteados para um combate até a morte, porque só assim pessoas como os cidadãos dos distritos mais pobres poderiam ter um gostinho da Capital. E lá em "Em Chamas", Effie aconselhou os dois a manterem os pescoços erguidos e um sorriso, e aproveitarem a festa, mesmo com Snow pressionando o casal.

8) E ela sempre tenta manter o bom humor também.


"Sabe o que causaria uma revolução? Aquele cabelo", Effie sobre a Presidenta Coin.

9) Tão amada que ganhou cenas que nunca existiram.


Quem leu "A Esperança", sabe que a personagem de Elizabeth Banks é quase inexistente, fazendo uma rápida aparição ao fim do livro. Entretanto, por ser carismática e dona da porra toda, acabou ganhando cenas nos dois últimos filmes que nunca existiram na trama original. Rainha, né, mores?

***

Após destruir a arena na 75ª Edição dos Jogos Vorazes e se ver como o símbolo de uma nova rebelião contra a Capital, Katniss inicia o capítulo final da história da luta dos distritos conta o governo ditatorial do presidente Snow (Donald Sutherland), entrando em um ataque direto ao centro de governo de Panem. "Jogos Vorazes: A Esperança - O Final" estreia no dia 18 de novembro.

Tecnologia do Blogger.