'Eu não posso ser ignorada', afirma Tinashe no trailer de 'Joyride', seu aguardado novo álbum; assista!


ISSO É UMA EMERGÊNCIA POP!

Princesa do R&B, hitmaker de "2 On" e "All Hands On Deck", rainha dos passinhos, nossa indigo child favorita e dona de "Aquarius", apenas um dos melhores álbuns (embora inexplicavelmente ignorado pelo grande público) lançados no ano passado, Tinashe tem em sua segunda era muita expectativa, principalmente em função de uma mudança de sonoridade buscada por ela. Mas antes de irmos para isso, ontem, a cantora fez seu ritual de purificação, encerrando de vez a primeira fase de sua carreira, liberando o clipe, dirigido por Stephen Garnet, das ótimas "Bet" e "Feels Like Vegas", que foram fundidas. De forma bem introspectiva, nele, a cantora é vista sensualizando dentro de um túnel e um estacionamento vazio.


Sem perder tempo, Queenashe iniciou hoje a "Era II", com um teaser bem intrigante, em meio ao deserto, para o seu novo álbum, em que afirma, com todas as letras: "Motherf*ckers, I can't be ignored!", e também anuncia o título do material.


Intitulado "Joyride", ele chegará em novembro, mas ainda sem data oficial. Hoje, a cantora também teve uma entrevista maravilhosa divulgada pela Rolling Stone, onde fala tudo que precisamos saber sobre o novo álbum, com o primeiro single chegando na próxima semana ou um pouco depois; que ela sairá em turnê pela América do Sul com a Katy Perry (então Tinashe vem ao Brasil? SOS!); que o novo álbum terá uma turnê mundial no próximo ano; convidados especiais, como o Drake, fizeram parte do "Joyride";  além de suas mudanças sonoras, e reafirma que "não pode ser ignorada" com esse material. Confira os melhores trechos da entrevista:

Por que o nome do álbum é  "Joyride"?
Eu sempre tive isso na minha cabeça, mas começou a tornar-se cada vez mais relevante por conta do estado atual da minha carreira. Com toda esta viagem que eu fiz no ano passado e tudo o que eu já passei, faz com que realmente sinta como uma aventura, uma viagem, um passeio.


Uma grande parte do foco no álbum se dá no teaser, com você dizendo "Filhos da p***a, eu não posso ser ignorada". O que isso significa em termos de álbum?
Eu sinto que eu tenho trabalhado muito duro este ano no desenvolvimento de uma base de fãs. Eu continuo a crescer, mas você sempre sente como se estivesse um pouco subestimada, subvalorizada. Especialmente para mim, é emocionante ter novas músicas e dar às pessoas uma chance de me reencontrar novamente.


O que mudou para você no processo de fazer este álbum?
Uma grande parte do foco, foi que nós não íamos fazer um monte de músicas, e não ia ser tão experimental. Nós definitivamente sabíamos o que queríamos fazer, e nós estávamos muito mais eficientes em alcançá-lo.

Eu acho que é também importante para mim manter minha autenticidade, e que meus fãs esperam ver que eu gravei algumas músicas no meu quarto em casa [como havia sido feito em "Aquarius"]. Fiz um esforço tremendo para gravar algumas músicas e criar o material no meu quarto. Foi definitivamente diferente para [fazer malabarismos] uma agenda de shows e uma programação criativa, mas é algo que eu definitivamente tinha apenas que trabalhar, trabalhar e me esforçar para trabalhar ainda mais, e ser ainda mais focada.


A lista de produtores deste álbum é tão diversa, vai de Max Martin para Dev Hynes. Qual foi a sensação de mudar de marcha, ao trabalhar com alguém como Dr. Luke para alguém como Boi-1da?
Eu tenho tantos lados em mim e as coisas que eu quero representar. Trabalhando com todos esses produtores é uma busca para ser versátil. É sempre interessante trabalhar com produtores muito diferentes — você tem que aprender a trabalhar com cada um deles individualmente, mas isso é parte da diversão e do processo de gravação.


Uma das músicas que se destacaram para mim foi a que Boi-1da produziu, chamada "Party Favors", que é ainda mais difícil do que suas canções mais agitadas do ano passado, como "2 On" e "All Hands On Deck".
"Party Favors" é uma das minhas favoritas, e será a primeira canção a sair na próxima semana ou um pouco depois. Será o primeiro gosto do álbum, todo mundo verá que é emocionante.


Se você tivesse que descrever "Joyride" em cinco palavras, quais seriam?
Inspirador, emocionante, perigoso, aventureiro e explosivo!


Então, simplificando tudo: "Joyride", segundo álbum de Tinashe, chegará em novembro (mas ainda sem data), com o lead single chamado "Party Favors", produzido por Boi-1da (responsável pelo álbum "Take Care", do Drake, e o single "Not Afraid", do Eminem), sendo lançado semana que vem ou um pouco depois. Animados?

E ainda de acordo com um artigo publicado pelo site Rap-Up, na semana passada, já há quatro faixas confirmadas no álbum: "Player", produzida pelo Max Martin e descrita como um dance pop; "Joyride", produzida pelo Hit-Boy e contando com participação do Travi$ Scott, é um urban, bem ratchet; "Fire and Flames", produzida pelo Dev Hynes, que é um R&B sensual; e o lead single, "Party Favors", produzida pelo Boi-1da, descrita como um hip-hop aos moldes de "2 On". Além, lógico, da colaboração confirmada com o Drake, que deve ser uma versão remodelada daquela demo vazada, que mostramos, intitulada "On a Wave".


Nossa reação depois de tudo isso...

Tecnologia do Blogger.